A volta dos que não foram – Parte III

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos

Matéria / Texto: Thiago Martins de Souza

Fotos: Lucas Lima / Vítor Dias

Desativado em janeiro de
2013 com a chegada da Metro, o Caio Vitória com chassi Ford B-1618 de numeração
5526 da Empresa Antônio Wilson foi reativado na semana passada para
reforçar a defasada frota da empresa bayeense, principalmente após a
desativação da empresa Almeida. Com menos de um mês de sua
desativação, esse veículo que em 2014 completa seus 21 anos de operação, voltou
com a numeração 5537 e com caixa de transmissão nova. O veículo faz parte da
frota reserva da Wilson/Metro. 

O 5537 é um veículo de
configuração rara na Paraíba, podendo ser o único no estado com essa combinação
de carroceria e chassi.
O 5526,
antes de ser o 5537

O atual 5526 é um
Ciferal Citmax com chassi Mercedes-Benz OF-1722M/59 com fabricação 2005/2006 e
que fez parte da frota da empresa pernambucana Borborema Imperial aonde era
numerado como 645 e posteriormente foi o 6023 da Viação Atalaia Transportes que
opera linhas na cidade de Aracaju, Sergipe.

3 comentários em “A volta dos que não foram – Parte III”

  1. Alguém sabe informar sobre o anterior 5504 (Senior Midi) da Metro?Será que foi trocado por aquele torino que ocupa o mesmo prefixo?Abraços á equipe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança