Ônibus Paraibanos

Ônibus da banda Raça Negra tomba na divisa da Paraíba e Pernambuco

Fonte:
O Globo

Matéria
/ Texto: Juliana Castro

Fotos:
Reprodução TV Globo

Um
ônibus que levava integrantes da banda Raça Negra tombou às 1h20m desta
segunda-feira no quilômetro 2,8 da BR-101, próximo à cidade de Goiana, na Zona
da Mata de Pernambuco. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF),
o veículo bateu na mureta de proteção de uma ponte e tombou. Um caminhão que
vinha atrás colidiu com o ônibus.

Segundo
a PRF, sete pessoas ficaram feridas, uma em estado grave. Mas, de acordo com o
G1, pelo menos 11 integrantes da equipe e o vocalista ficaram feridos, segundo
informações apuradas em duas unidades de saúde próximas ao local do tombamento.
O Corpo de Bombeiros, por sua vez, informou que enviou dez viaturas à região e
que atendeu 27 pessoas em conjunto com três ambulâncias do Serviço de
Atendimento Móvel de Urgência (Samu).
O
ônibus estava na pista sentido João Pessoa-Recife. O grupo vinha de um show em
Natal e embarcaria do Recife para Salvador, de avião. Ainda de acordo com o G1,
seis pessoas foram atendidas na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de
Igarassu, na região metropolitana do Recife, entre elas o vocalista do Raça
Negra, Luiz Carlos, que teria sofrido uma torção no braço direito. Com quadro
estável, todos esses pacientes já receberam alta.

Em
comunicado publicado no Facebook, o perfil do Raça Negra informa que todos da
banda passam bem e que a agenda de shows seguirá normal, a partir do 24 de
janeiro.

— O ônibus perdeu o controle e capotou. Foi uma coisa assustadora. A gente
nunca tinha passado por isso. Mas está todo mundo bem. A gente olha para o
ônibus e pensa como saiu vivo dali — disse o vocalista no programa “Encontro
com Fátima Bernardes”, da TV Globo.
Ele
contou que não tem o costume de dormir durante as viagens para shows e percebeu
tudo o que aconteceu:

Eu fico ligado e vi tudo!
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.