Passagens de ônibus podem ser remarcadas em caso de imprevistos

Fonte:  Jornal
Hoje

Foto: Lucas Lima
Nessa época do ano acontece muito: a viagem de férias
está marcada e – de repente – surge um imprevisto. Por lei, quem viaja de
ônibus intermunicipal, interestadual ou internacional pode cancelar a viagem,
mudar a data e o horário. Mas para remarcar a viagem o passageiro tem que
comunicar essa desistência pelo menos três horas antes do embarque. Respeitando
essa antecedência é possível até ter o dinheiro de volta. Nesse caso a Agência
Nacional de Transportes Terrestres (ANTT) autoriza que a empresa de ônibus
fique com 5% do valor da passagem. 

“Ela [a empresa] terá até 30 dias para efetivar esse
reembolso. No caso de remarcação nenhum valor é retido, mas ele [o passageiro]
só poderá fazer a remarcação pra mesma linha que ele comprou”, explica a
especialista em regulação da ANTT Leize Silveira.
Quem se atrasa e perde o ônibus não tem reembolso, mas
a lei garante o direito de remarcação do bilhete até por um ano.
O passageiro que não conseguir seus direitos pode
reclamar na Agência Nacional de Transportes Terrestres pelo telefone 166.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança