Cobrança de taxas para circulação de ônibus e vans nas praias de Conde, revolta turistas

Fonte: Litoral PB

Fotos: Paulo Rafael Viana / Divulgação
Em visita neste domingo
(15), ao litoral sul da Paraíba, na cidade de Conde, encontramos turistas
revoltados e dando meia volta. É que a cobrança de uma taxa de circulação para
visitação das praias do município, está revoltando os turistas e as agências de
turismo estão até tirando o pacote de excursão para cidade, da sua relação de
indicação. A cobrança que era duramente criticada pela atual prefeita da
cidade, Tatiana Correia (PT do B), durante a campanha, hoje se mantém mais
taxativa do que nunca. 

Para adentrar aos locais
próximos as praias de Jacumã, Coqueirinho, Praia do Amor, Tabatinga, Carapibus
e Tambaba, os banhistas que chegam em ônibus ou vans locadas são obrigados a
desembolsar uma quantia considerada salgada.
O dono de uma van, foi pego
de surpresa com a cobrança, quando chegou a cidade neste domingo 14
passageiros. O homem não teve como pagar a cobrança de R$ 116,00
e deu meia volta com o veiculo, voltando para João Pessoa. ” Isso é um absurdo,
já passei por Natal, Recife, João Pessoa e Fortaleza e não existe essa
cobrança”, declarou, o motorista Alcides Ferraz indignado com a medida adotada
pela administração municipal do Conde.

De acordo com um documento
oficial,  a cobrança está sendo realizada desde 01 de Outubro/2013 –
a TAXA DE CIRCULAÇÃO DE TRANSPORTES DE TURISMO QUE VISITAM AS PRAIAS DO LITORAL
CONDENSE , CUJO VALORES SÃO OS SEGUINTES:
ÔNIBUS…………………………………………………………R$349,32(Trezentos
e Quarenta e nove reais);
MICRO – ÔNIBUS…………………………………………..R$232,88(Duzentos
e trinta e dois reais);
VANS, TRAILER E
SIMILARES………………………..R$116,44(Cento e Dezesseis reais).

2 Replies to “Cobrança de taxas para circulação de ônibus e vans nas praias de Conde, revolta turistas”

  1. Anônimo disse:

    Safadeza isso, logo essa prefeita que falava q não concordava com isso qdo era candidata
    Ainda bem que votei em Padre Severino

  2. Thiago Silva disse:

    Como nao pagar essa taxa de entrada de onibus ?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.