Ônibus Paraibanos

Busscar El Buss 340 e Scania K 113, a dupla preferida pela Gontijo nos anos 90

Fonte: Mobilidade em Foco

Matéria / Texto: Carlos Alberto Ribeiro

Fotos: Acervo Paraíba Bus Team
“Frotista de primeira linha, a Gontijo serve como balizamento
para uma avaliação do transporte rodoviário de passageiros”.

Tradicional operadora de linhas de ônibus interestaduais, com várias
linhas de longa distância, a Gontijo é também um dos principais frotistas
Scania do País. De sua frota com aproximadamente 950 ônibus, cerca de 750 são
da marca, encarroçados predominantemente pela Busscar “Em dois ou três anos
pretendo ter somente ônibus com chassi Scania. Acho o K113 ideal para nossa
operação, mas estou testando também o F113. E minha carroçaria padrão é a
Busscar El Buss 340”, afirma o pioneiro Abílio Gontijo. Com 70 anos de idade, o
empresário tem mais de 50 de “janela” e conserva o vigor de quem domina seu
touro a unha todo dia.

“Gosto da Scania porque é uma empresa muito sensível as reivindicações
do cliente. Tem qualidade no produto, seriedade na comercialização e assistência
técnica com participação da própria fábrica”, afirma satisfeito o empresário
mineiro. A Gontijo não deixa de ser um caso a parte no universo do transporte
rodoviário de passageiros. Quer chova ou faça sol, a empresa mantém uma
renovação constante de sua frota, na base de pelo menos 10% ao ano, apesar das
incertezas causadas pela queda na demanda de passageiros e pela operação de
ônibus clandestinos. 
A Gontijo conta atualmente com 29 linhas registradas junto ao DNER, uma
linha internacional, 57 linhas registradas no DER de Minas Gerais, 10 linhas na
Bahia, 10 no Piauí e mais cinco no Ceará. São, no total, 111 linhas de ônibus.
A Gontijo roda, em média, 10 milhões de quilômetros por mês. Os ônibus da
empresa percorrem 17 Estados brasileiros e sua rota mais longa une as cidades
de Mantena (MG) a Porto Velho (RO), onde os 3.500 quilômetros são cobertos em
50 horas ininterruptas, com troca de motoristas a cada oito horas. 

No segmento interestadual a empresa teve crescimento de 18% se comparado
com o ano anterior, 1993, mas a operação ainda está 25% abaixo dos níveis dos
anos de 1989, 1990. No segmento de linhas intermunicipais, que responde por 35%
do faturamento da Gontijo, o crescimento foi vegetativo, de apenas 5%, “Nos
últimos três anos tivemos um aproveitamento global de 55%, quando o normal
seria 70%”, lamenta o executivo Gontijo. Essa queda na demanda forçou o
remanejamento de várias linhas. “As contribuições sociais oneram a nossa folha
de pagamento de colaboradores em 120%, quando o ideal seria o padrão do
Primeiro Mundo, de 18 a 20%”, segundo ele. “Mesmo assim, empresário do setor
que tem gestão eficaz do negócio ainda tem investido na renovação da frota”,
complementa Gontijo.
ESTRUTURA
A Gontijo conta hoje com uma sede central de 120 mil metros quadrados e
mais 85 garagens menores, pontos de apoio e dormitórios. Sua oficina é própria
e completa, com tudo sendo feito em casa. No segmento de linhas
intermunicipais, a empresa possui forte presença no interior mineiro, cobrindo
muitos trechos curtos e médios, entre 200 a 400 quilômetros, ida e volta. As
rotas principais partem de São Paulo e Belo Horizonte, com destino ao Nordeste.
A única rota internacional da empresa é a que liga Salvador a Assunção, no
Paraguai, com distância de 3.200 quilômetros. 
(Fonte de parte dos dados: Revista Rei da Estrada, edição 55).
OBS.: o ônibus da foto é o Busscar El Buss 340, com chassi Scania K113
CLB 4 X 2. Ano de fabricação: 1995.
Em dezembro de 2012 foram vistos alguns El Buss 340 fabricado nos anos
90, fazendo linha como “carro extra”. Inclusive esse da foto, prefixo
9510, com 18 anos de idade, foi visto e fotografado fazendo a linha Fortaleza x
Belo Horizonte. Uma linha de longa distância. 

Como foram os modelos de ônibus mais comprados pela Gontijo entre 1990 a
1997, Busscar El Buss 340 foi a carroçaria padrão nestes anos, ainda deve ter
vários desses veículos na condição de “carros reserva”.

Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.