Ônibus Paraibanos

Secretários vistoriam canteiro de obras do Terminal de Integração Temporal em Campina Grande

Fonte: Prefeitura Municipal de Campina Grande

Foto:
Ruan Silva

O superintendente da STTP, Vicente Rocha,
acompanhado do secretário de Obras do Município, André Agra, esteve na manhã
desta quarta-feira (23) na Rua Caicó, no conjunto Chico Mendes, para vistoria
do inicio das obras no terreno das futuras instalações do Terminal de
Integração Temporal das Malvinas, numa ação de continuidade ao projeto de
transporte por cartão temporal, sendo o terminal um ponto fixo que permitirá
fazer interligação com outras linhas. 

Estando localizado no conjunto Chico Mendes, toda a
região das Malvinas será contemplada pelo Terminal de Integração Temporal, com
vários benefícios para a população, que terá mais segurança com a instalação de
um novo sistema de iluminação e o melhoramento da malha viária.

Com o intuito de promover outras melhorias ao Sistema de Transporte de
Passageiro, a gestão do prefeito Romero Rodrigues elaborou o Projeto de
Transporte da Região Oeste, tendo como principal formato a criação da primeira
linha alimentadora da cidade, ampliação da Integração Temporal e implantação do
novo terminal.

De acordo com Vicente Rocha, a nova linha alimentadora vai melhor a prestação
de serviço pelo modal ônibus, garantindo mais segurança, celeridade e conforto
aos usuários. “O projeto também contempla a criação da
primeira linha alimentadora da cidade, possibilitando a execução direta do
percurso entre dois pontos extremos da região oeste, ligando a sede da AACD até
o Detran, garantindo ganho de tempo para o passageiro”, disse.

Estarão sendo atendidos com esta nova linha os bairros Severino Cabral,
Bodocongó, Ramadinha, Malvinas (e seus conjuntos: Loteamento Grande Campina,
Sonho Meu, Meu Sonho e Chico Mendes) e o Rocha Cavalcante, beneficiando uma
população superior a 100 mil habitantes, em sua maioria usuária de transportes
coletivos. Os ônibus farão o percurso de 16,4 quilômetros num tempo médio de 45
minutos, com intervalo entre ônibus de 15 minutos.

Outro elemento estruturante do projeto é ampliação da Integração Temporal,
implantada pela atual gestão e que representa um grande avanço no sistema.

A ampliação vai possibilitar, gradativamente, a
diminuição do número de ônibus que precisa passar pelo centro. Esta nova etapa
da integração temporal funcionará na linha alimentadora da região oeste, sendo
que esta trabalhará como linha integradora, numa ampliação da atual linha 245
(que continuará com as suas características atuais).

A execução final do projeto culmina com a implantação do Terminal de Integração
Temporal no Chico Mendes, que está sendo instalado através de uma parceria do
Município com o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros de Campina
Grande (Sitrans), cabendo à prefeitura a cessão do terreno e as ações de
infraestrutura no entorno do terminal, que será construído pelo Sitrans.

Conforme o secretário de obras, André Agra, todo o Projeto de Transporte da
Região Oeste será apresentado à população até o final do mês e a previsão de
sua implantação com todos os serviços ocorrerá até janeiro do próximo ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.