Campina Grande, 149 anos e a Empresa de Transportes Borborema faz parte dessa história

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos

Matéria / Texto: Valério Junior

Fotos: Acervo Paraíba Bus Team
Campina Grande, nunca esteve tão GRANDE! O progresso
veio pra ficar nessa cidade que por muitas vezes se destacou mais que a nossa
própria capital. Hoje ela completa 149 anos de conquistas e apesar de muitas
dificuldades, é considerada a cidade mais dinâmica do interior do Nordeste. A
cidade não tem o que comemorar no setor do transporte, porém, há de se
reconhecer que os avanços nas décadas de 80 e 90 foram consideráveis,
diferentemente da atualidade, que não existem incentivos do poder público pra
oferecer o que a população precisa.

Antigo ônibus da Borborema

A
história da urbanização da cidade de Campina Grande tem um forte vínculo com suas
atividades comerciais desde os primórdios até os dias atuais. Primeiramente a
cidade foi lugar de repouso para tropeiros, em
seguida se formou uma feira de gado e
uma grande feira geral (grande destaque no Nordeste).
Posteriormente, a cidade deu um
grande salto de desenvolvimento devido à cultura do algodão, quando Campina Grande chegou a ser
a segundo maior produtora de algodão do mundo. Atualmente, a cidade tem grande
destaque no setor de informática e
desenvolvimento de softwares. Com
todo esse Progresso, o transporte se fazia necessário para a cidade continuar
sua expansão, e isso chegou, primeiramente com o trem e por último com os
ônibus.

Apresentação da frota da Borborema nos anos 50

A Empresa de transportes Borborema faz parte da
história da cidade, por ter sido uma das primeiras prestadoras de serviço de
transporte coletivo regularizado na cidade. Hoje a frota é composta por 10
ônibus, a menor de todas as empresas do sistema e apesar de todas as
dificuldades e grandes grupos que monopolizam a cidade, ela se mantem
organizada e atendendo aos moradores dos Bairros: Presidente Médici,
Catingueira, Três Irmãs, Catolé de Zé Ferreira.

Primeiro ônibus de Campina Grande
Existem registros de que ela opera na cidade desde a
década de 50 com o nome “Autoviária Rainha da Borborema”, sua primeira linha
tinha como destino o Quartel do Quarenta, e foi marcada por várias jardineiras
na sua frota. Outro marco na história do transporte na cidade foi o início da
utilização das fichas, que até então eram um sinal de modernidade e já
utilizadas em cidades do sudeste.

Ficha usada nos ônibus da Borborema
Ônibus da Borborema nos anos 60

Uma empresa tão importante quanto
todas as de outros ramos, que todos os anos são destacados por fazerem parte da
história da cidade. A empresa Borborema é parte fundamental do crescimento de
Campina Grande e este é um singelo agradecimento por todos esses anos de
serviços prestados à população da zona sul. E que ela possa continuar por mais
150 anos transportando pessoas com responsabilidade e conforto.

Parabéns Campina Grande!!!

5 comentários em “Campina Grande, 149 anos e a Empresa de Transportes Borborema faz parte dessa história”

  1. Acho que o primeiro proprietário da empresa Rainha da Borborema era do Rio Grande do Norte. Vcs tem alguma informação sobre esse fato ???

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança