Urgente: Acidente com ônibus na BR-230 em João Pessoa deixa mortos e feridos

Fonte: G1 Paraíba / Portal Correio

Fotos: Facenews
Um acidente grave ocorrido por volta das 5h deste sábado
(28), com um ônibus, próximo às Três Lagoas, em João Pessoa, deixou duas pessoas mortas e outras 39 feridas.
Conforme o delegado Roberto Jorge de Sousa, da 1ª Delegacia Distrital, o
motorista do ônibus perdeu o controle, bateu no poste e capotou na BR-230,
quando seguia no sentido Santa Rita/João Pessoa. Havia cerca de 50 passageiros
no veículo. 

Uma
das vítimas que morreu no local estava grávida. Segundo o delegado, a pressão
das ferragens contra o corpo dela foi tão forte que o feto saiu, também morto.
A outra vítima foi um homem. “Nenhum deles estava com documentos, portanto, até
o momento não temos identificação alguma”, declarou.

De
acordo com o tenente Francelli, do Corpo de Bombeiros, todas as ambulâncias
foram enviadas para o local do acidente, devido ao grande número de feridos.
“Foi preciso apoio de Cabedelo, Samu e PRF”, declarou. Segundo ele, a população
desvirou o ônibus. As duas pessoas que morreram no local, conforme informou o
tenente, provavelmente foram lançadas para fora do veículo.

O
passageiro Jardel de Oliveira Silva estava no veículo e conseguiu sair sem
ferimentos. Ele disse que vinha cochilando e que acordou de repente, já com
outras pessoas caídas por cima dele. “Eu não lembrou bem como foi, mas acho que
o ônibus chegou a capotar umas três vezes”, frisou.

Outro
passageiro disse que ficou sem ar, desesperado, no momento que percebeu que o
ônibus estava capotando. “Eu estava sentado na parte de trás do ônibus. De
repente vi pessoas caindo na minha direção. Fiquei muito nervoso, mas graças a
Deus consegui sair com vida”, afirmou o rapaz, que não revelou o nome.

O
delegado informou que algumas pessoas que estavam no ônibus trabalham em uma
fábrica de calçados no Distrito Industrial de João Pessoa. Os feridos foram
socorridos para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, na
capital. Segundo o boletim médico divulgado às 10h, das 18 pessoas socorridas
para o hospital, uma encontra-se em estado gravíssimo; outra em estado grave;
uma recebeu alta; e 15 em estado de saúde regular.

O
major Lins, do Corpo de Bombeiros disse que a corporação socorreu 27 feridos.
Outros 12 foram atendidos pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

Lista dos
feridos que foram encaminhados para o Hospital de Trauma de João Pessoa:

Júlio
Soares de Albuquerque
, 25 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Pedro
Alexandre Evaristo
, 46 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Jerônimo
Andrade da Costa
, 49 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Franquileide
Raposo
, 36 anos. A paciente foi
conduzida por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos de
emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Roberval
Paiva da Sila
, 42 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Lindenmberg
Barbosa da Silva
, 28 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Carla
Cristina da Silva Alves
, 29 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e, após período de observação, recebeu alta hospitalar às 09h38.

Ivanildo
Simão Capitulino
, 46 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Lucie
Ferreira Vieira
, 31 anos. A
paciente foi conduzida por ambulância do resgate-bombeiros. Passou por
procedimentos médicos de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde
é considerado regular.

Paciente
não identificada
. A paciente
foi conduzida por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos de
emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado gravíssimo.

Maria
da Piedade
, 38 anos. A paciente foi conduzida
por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos de emergência e segue
em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

José
Carlos de Souza
, 46 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Alberto
Araújo Correia
, 34 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Eliane
Maria da Silva
, 38anos. A
paciente foi conduzida por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Manuela
Galdino da Silva
, 29 anos. A
paciente foi conduzida por carro particular. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Marinalva
Maria da Silva
, 43 anos. A
paciente foi conduzida por ambulância do SAMU. Passou por procedimentos médicos
de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde é considerado regular.

Auriceia
da Silva Teixeira
, 48 anos. O
paciente foi conduzido por ambulância do resgate-bombeiros. Passou por
procedimentos médicos de emergência e segue em observação. Seu estado de saúde
é considerado regular. 

Vinte e dois
feridos encaminhados para o Ortotrauma de Mangabeira.

Carlos
Augusto Silva Diogo,
 47 anos

Edvando
Francisco da Silva
, 43 anos

Gilmara
Karla de Medeiros Spinelly,
 31 anos

Ivanildo
Gomes de Lima, 
46 anos

Ivanilson
dos Santos Santana, 
43 anos

Joilson
Silva da Fonseca,
 40 anos

José
Alisson Bento Calixto, 
37 anos

José
Maycon da Silva Mendonça

José
Roberto da Silva

Joseane
Silva Araújo
, 30 anos

Joseane
Silva de Sousa, 
21 anos

Juliana
de Oliveira Martiniano, 
24 anos

Marcelino
Enéias Vieira

Marcelo
Francisco dos Santos,
 29 anos

Marciano
Rodrigues de Silveira,
 33 anos

Maria
Lúcia Pedro de Santos,
 49 anos

Mauro
Rodrigues da Silva, 
46 anos

Pedro
da Costa

Rosiane
de Andrade,
 37 anos

Rosilene
Ferreira de Araújo
, 40 anos

Tiago
do Nascimento Alexandre da Silva, 
25 anos

Vera
Lúcia de Oliveira,
 35 anos

2 comentários em “Urgente: Acidente com ônibus na BR-230 em João Pessoa deixa mortos e feridos”

  1. Santo Deus! Que tragédia! Que Deus conforte os familiares dos mortos e que possa recuperar rapidamente a saúde dos feridos. Até quando ocorrerão acidentes desse tipo e em todo o Brasil? Hoje a cidade campeã de acidentes é o Rio de Janeiro e que começaram a intensificar-se de três anos para cá coincidindo com a implantação da pintura fardada na qual mais de 7000 ônibus de 39 empresas diferentes além de estarem escondidas num mesmo modelo de pintura estão escondidas dentro de apenas 4 consórcios! E tudo por exigência da prefeitura do RIO des-governada por Eduardo Paes! Sabe-se que com o advento da pintura padrão (fardada),tudo fica igual, não há diferenciação entre as empresas e a tendência é que até as boas empresas do sistema relaxam e deixam de praticar uma boa manutenção. Lembro que em João Pessoa-PB já existe pintura padrão há algum tempo e sei que coincidentemente ou não, o número de acidentes somente aumentou! Algo está errado! O transporte de João Pessoa e do Rio de Janeiro precisa ser revisto!

    1. Corrigindo, Marcos, aqui não existe uma pintura padrão; a licitação municipal de 2011 não determinou isso, e o único consórcio que aderiu a uma pintura padrão o fez porque quis. O outro consórcio manteve as identidades visuais das empresas componentes.

      O ônibus envolvido era do transporte intermunicipal, onde não existe também um fardamento. As empresas do município de Bayeux mudaram suas identidades visuais também por conta própria, mas não concluíram-as por completo. Essa pintura atual da Rodoviária Santa Rita (o nome da empresa é o mesmo da cidade a qual atende) foi implantada em 1997.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança