O primeiro chassi produzido pela Itapemirim

Fonte:
Portal Ônibus Paraibanos
Matéria
/ Texto: JC Barboza
Fotos:
Acervo Paraíba Bus Team
Um dos grandes marcos da história da empresa deu-se
no início dos anos 80, quando a Viação Itapemirim passou a produzir seus
próprios chassis. O modelo Tribus, com três eixos, incorporava as mais
recentes conquistas da engenharia automobilística, entre elas o tratamento acústico que reduziu significativamente os níveis de ruído
interno. Ou seja: aumentou o conforto dos passageiros. A proposta era tão boa
que possibilitou o posterior desenvolvimento de mais duas versões sucessivas,
os Tribus II e III. A imagem ao lado mostra o primeiro chassi produzido pela
Itapemirim que viria a se transformar alguns anos depois em Tecnobus.

O chassi da foto equipou os primeiros Tribus da
empresa, montado sobre os famosos Nielson Diplomata 2.60 que fizeram muito
sucesso na frota da “Mirim”, principalmente na ponte rodoviária Rio X
São Paulo.
O modelo do chassi é o Itapemirim 12045 e
Itapemirim SBVM equipado com motorização Mercedes-Benz OM355LA. Os Diplomatas
Tribus que receberam esses chassis são os da série 101XX.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança