Mercedes Benz e Eletra apresentam Híbrido BR e Trólebus articulado

Fonte: Defesanet
Fotos: Divulgação

Em nova ação de parceria, a Mercedes-Benz do Brasil e a
Eletra – empresa especializada na produção de veículos com tração elétrica –
apresentam o ônibus HíbridoBR e o trólebus articulado no 9º Salão
Latino-Americano de Veículos Elétricos, Componentes e Novas Tecnologias. O
evento aconteceu entre os dias 10 e 12 de setembro, no Expo Center Norte, em
São Paulo.“O êxito de
nossa parceria com a Eletra está muito bem representado pelo HíbridoBR – já
desenvolvido, testado e aprovado em operações regulares na Grande São Paulo – e
também pelo novo trólebus articulado, produzido a partir de nosso chassi O 500,
consagrado no mercado pela robustez e resistência para as severas condições do
transporte coletivo urbano de grande volume de passageiros”, afirma Walter
Barbosa, diretor de Vendas e Marketing de Ônibus da Mercedes-Benz. 

“Com essas
avançadas soluções para as cidades, contribuimos para a melhoria da qualidade
do ar e proteção do meio ambiente. Além disso, esses veículos ampliam o nosso
portifolio de chassis de ônibus – o maior do País – que oferece modelos para
todas as demandas do mercado, tanto no segmento urbano, quanto rodoviário,
escolar, fretamento e turismo”.
Iêda Maria
Alves de Oliveira, gerente comercial da Eletra, afirma que a missão da empresa
é se manter em sintonia com as novas exigências do mercado global. “A nossa
companhia nasceu com a responsabilidade de produzir veículos que acompanham as
novas demandas de sustentabilidade das cidades brasileiras e do mundo. Hoje,
oferecemos ônibus com as mais modernas tecnologias, desenvolvidas por
engenheiros brasileiros, e com reconhecimento mundial”, garante.
HíbridoBR e
trólebus articulado apresentam tecnologias inovadoras

No 9º Salão
Latino-Americano de Veículos Elétricos, o HíbridoBR tem suas qualidades e
vantagens destacadas. O veículo conta com duas fontes de energia: o motor
elétrico, responsável pela movimentação do ônibus, e o motor diesel, que além
de ser menor que o aplicado a um modelo diesel similar, opera em rotação
constante. Isso reduz muito a emissão de poluentes, pois nas acelerações é o
motor elétrico que atua.

Um banco de
baterias tracionárias complementa a energia disponível para o motor elétrico,
quando necessário. Em cada parada, seja para entrada ou saída de passageiros ou
nos semáforos, o grupo motor gerador recarrega as baterias por meio do conceito
conhecido como “frenagem regenerativa” ou como ficou conhecido na Fórmula 1:
KERS – Kinetic Energy Recovery System (Sistema de Recuperação de Energia
Cinética). As baterias são de chumbo ácido, fabricadas no Brasil pela Moura e
100% recicláveis.
Durante o
evento, a Eletra também apresentará o trólebus articulado de 18 metros, baseado
no chassi O 500 da Mercedes-Benz, com novo sistema autônomo para se deslocar
por até sete quilômetros sem rede aérea. A maioria das situações de interrupção
de rede envolvendo os trólebus ocorre em trechos de no máximo três quilômetros.
A nova tecnologia embarcada no veículo da Eletra poupa interrupções do sistema,
garante maior autonomia ao trólebus e dispensa a eletrificação das garagens.
HíbridoBR
inicia operação regular em São Paulo

Após o êxito
dos testes em situação real de operação, o HíbridoBR passa a ser utilizado
regularmente na Região Metropolitana de São Paulo. Com isso, essa avançada
solução, desenvolvida em parceria entre a Mercedes-Benz e a Eletra,
consolida-se como alternativa eficaz para o transporte coletivo urbano e para a
preservação ambiental.
“O HíbridoBR é
o primeiro com tecnologia 100% nacional a circular no País”, afirma Curt
Axthelm, gerente de Marketing de Produto Ônibus da Mercedes-Benz. “Esta solução
é fruto de um conceito inédito de parceria com a Eletra. Com base na experiência
e conhecimento adquirido por profissionais de ambas as empresas, oferecemos ao
mercado um produto desenvolvido em nosso País, totalmente adequado para uso nas
cidades brasileiras, e às características já conhecidas pelos operadores de
transporte de passageiros”.
A otimização do motor diesel para a aplicação, a
eficiência dos motores elétricos, a tecnologia de baterias, o sistema de
frenagem regenerativa e a tecnologia de tração que gerencia todos os conjuntos
permitem que o ônibus elétrico HíbridoBR reduza a emissão e o consumo de
combustível. As emissões de material particulado, por exemplo, são reduzidas em
até 95% e o consumo de diesel, em operação comercial, é cerca de 20% menor.
A Eletra

A empresa está
no mercado há mais de 30 anos e fabrica veículos elétricos nas versões trólebus
(rede aérea); híbrido (grupo motor gerador + baterias); e elétrico puro
(baterias), que podem ser adotadas em veículos para transporte urbano de
passageiros.
Em 1999, a Eletra criou o primeiro ônibus elétrico
híbrido com tecnologia brasileira. Hoje, a marca está presente nos 300 trólebus
e nos 45 híbridos em operação na Grande São Paulo, além de cidades como
Rosário, na Argentina, e Wellington, na Nova Zelândia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.