Ônibus Paraibanos

Como sobreviver a viagens de ônibus

Fonte: Revista 21
Fotos: Thiago Martins de Souza

Viajar de ônibus pode ser bastante chato. As
rodovias brasileiras, em geral, não estão em bom estado, o que, em conjunto com
os problemas de suspensão de alguns veículos, torna a viagem incômoda. Onde as
estradas têm boa qualidade, os pedágios caros aumentam o preço das passagens.
Bons veículos também contribuem para esse encarecimento, já que são raros.
Muitas empresas não renovam suas frotas, o que não é apenas desconfortável, mas
também perigoso. Os ônibus mais novos, em geral, têm muitas poltronas, mas não
são maiores do que os antigos. Nesses casos, o espaço entre as poltronas é
minúsculo, o que compromete a circulação dentro do ônibus e torna a viagem
ainda mais problemática. Se já é difícil se mover, a situação piora quando o
passageiro sentado a sua frente resolve reclinar a poltrona.

O conforto térmico
é outro agravante. Ônibus sem ar condicionado tendem a ser muito quentes e
abafados e ônibus com ar condicionado costumam ter temperaturas bastante
baixas. Por fim, nem sempre o atendimento é bom. Balconistas e motoristas mal
treinados não faltam. Ônibus atrasados também não. Em compensação, costumam
faltar linhas, veículos e horários.

Apesar de todos os desconfortos, nem sempre
conseguimos escapar deles e, algumas vezes, viajar de ônibus é a única opção
viável. Nesses casos, reclamar pode até ser mais fácil, mas encontrar soluções
e tentar tornar a viagem mais agradável é, certamente, mais efetivo. Por isso,
reunimos algumas dicas para sobreviver às viagens de ônibus.

1. Faça tudo o que puder com antecedência

Seja precavido. Pesquise os horários e linhas com
antecedência. A maioria das empresas possuem sites próprios em que essa
pesquisa pode ser feita. O site da ANTT
(Agência Nacional de Transportes Terrestres) também possui uma ferramenta de
consulta interessante. Definido qual ônibus tomar, compre as passagens assim
que puder. Algumas linhas possuem muita demanda e as passagens acabam
rapidamente. Algumas empresas vendem ou reservam passagens pela Internet, o que
pode ser interessante.

2. Vista-se confortavelmente

De desagradável, basta o ônibus. Procure usar
roupas leves no verão e aconchegantes no inverno. Evite peças muito justas e/ou
curtas, saias e vestidos. Prefira calças ou leggings e blusas mais folgadas.
Microfibra e lycra são bons materiais porque, além de confortáveis, não
amassam. Também é importante estar atenta aos sapatos, que devem ser
confortáveis, sem salto e mais largos, já que os pés podem ficar inchados em
viagens muito longas. E não se esqueça do conselho da mãe: leve um casaquinho.
Mesmo que o dia esteja quente, pode ficar frio dentro do ônibus por conta do ar
condicionado.

Mesmo os acessórios, a maquiagem e o penteado podem
fazer diferença. Evite as bijuterias maxi, que podem ser pesadas e
desconfortáveis. Lenços e pashminas podem ser úteis contra o frio do ar
condicionado. Uma maquiagem mais leve é mais adequada, principalmente se você
costuma dormir durante a viagem. Coques, tranças e rabos de cavalo são opções
estilosas e confortáveis.

3.
Hidrate-se

Hidratação
é sempre importante, principalmente em ambientes com ar condicionado ou muito
quentes. Leve sempre uma garrafa de água com você. Sua nécessaire também pode
ajudar: lipbalm e creme hidratante são sempre bem vindos. Em alguns casos, pode
ser interessante levar umidificador nasal e/ou colírio.

4.
Leve sua farmacinha portátil

Não
é necessário carregar um kit de primeiro socorros, mas analgésicos, remédio
para enjoo e curativos podem ser de grande valia em viagens. Consulte se médico
e só leve medicamentos que você já tem o hábito de usar e conhece os efeitos
(inclusive, os colaterais).

4.
Priorize a nécessaire

Em
viagens, principalmente de ônibus, o ideal é levar o mínimo de coisas possível.
Por isso, minimize a nécessaire que você leva na bolsa, carregando apenas o
mais importante. Hidratantes e medicamentos devem ser prioridade em relação à
maquiagem, por exemplo, que pode ser levada na mala. Lenço de papel,
antisséptico para as mãos e absorvente também são produtos interessantes de
levar na bolsa. Também opte por produtos em miniatura ou com múltiplos usos.

5.
Atenção às refeições

Algumas
pessoas costumam enjoar ao viajar de ônibus. Se for esse o seu caso, procure
fazer refeições leves antes, durante e depois da viagem. Evite alimentos
gordurosos e bebidas gasosas. Mas não deixe de se alimentar. Procure levar um
lanchinho consigo para comer durante a viagem. Nem sempre temos tempo hábil
para comer em postos e rodoviárias.

6.
Maneire na bagagem

Quanto
menor e mais leve a sua mala, melhor. Mesmo que você tenha carona ou pegue um
táxi, terá que carregar sua bagagem na rodoviária. Procure levar o mínimo que
puder. Também diminua, ao máximo, a quantidade de bolsas, malas e sacolas. Quanto
mais espaço você tiver, mais coisas vai querer levar. Além disso, as chances de
você se esquecer de alguma na rodoviária ou no ônibus é maior. Preze pela
praticidade.

7.
Prepare-se para dormir em viagens longas

Dormir
no ônibus é uma arte. Se você vai fazer uma viagem longa, principalmente à
noite, procure levar um daqueles travesseiros de pescoço, que te ajudam a ficar
na posição adequada. Os infláveis são interessantes porque ocupam menos espaço
na bolsa. Caso faça muito frio à noite, considere levar também uma manta ou
cobertor pequeno.

8.
Movimente-se

Ficar
sentado e parado por muito tempo pode ser bastante prejudicial ao nosso corpo.
Se você for fazer uma viagem muito longa, aproveite as paradas para se alongar
e andar um pouquinho. Dentro do ônibus, não deixe de movimentar os pés e evite
cruzar as pernas. A cada duas horas de viagem, pelo menos, procure exercitar-se
como na figura abaixo.

9.
Leve um passatempo

Você
vai passar algumas horas no ônibus e provavelmente algum tempo em rodoviárias,
portanto, leve algo para te distrair. Pode ser livros, revistas, cruzadinhas,
notebook, tablet, mp3 player… Mas não se esqueça dos fones de ouvido! Os
celulares estão tão cheios de recursos que também podem ser ótimos companheiros
de estrada. Se você quiser aproveitar seus eletrônicos na viagem, não se
esqueça de carregar a bateria completamente e, se estiver usando o celular,
fique de olho para não ficar sem carga durante a viagem, porque você pode
precisar dele.

10.
Organize-se

Não
basta preparar-se com antecedência, seja organizado. Tenha em mãos anotações de
tudo o que não deve esquecer, informações importantes como horários, endereços,
plataformas, etc. E não se esqueça das listas, elas são aliadas sempre.

Organizado,
confortável e preparado, só nos resta lhe desejar uma boa viagem!
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.