Seminário cidade expressa discute mobilidade urbana

Fonte:
PB Agora
Foto: Caio Henrique

Trânsito
lento, longos congestionamentos, ônibus lotados, e estresse em horários de
pico. Campina Grande definitivamente sofre com questões relacionadas a
mobilidade urbana.
A cidade cresceu e não acompanhou o ritmo, criando condições que facilitem o
deslocamento da população. O tráfego intenso de veículos, torna o trânsito um
caos, principalmente em avenidas como Floriano Peixoto e Assis Chateaubriand. Para discutir a problemática dos sistemáticos problemas, relacionados a
mobilidade urbana, a Associação Comercial e Empresarial de Campina Grande
(ACCG), Sindicato das Empresas de Transportes Públicos de Campina Grande (Sitrans),
Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL), Federação da Indústria do Estado da
Paraíba (FIEP), Universidade Federal de Campina Grande (UFCG), Instituto
Federal de Educação da Paraíba, e a UEPB, estão realizando durante toda essa
sexta-feira (07), o Seminário “Cidade Expressa discute Mobilidade Urbana e
Região Metropolitana”. 

O
evento realizado no teatro da Facisa, no bairro do Itararé reúne
especialistas em planejamento urbano, que estão propondo políticas de
enfrentamento da chamada crise das cidades.O seminário tem como objetivo
promover debates sobre mobilidade urbana para implantar a Região Metropolitana
de Campina Grande, criada pela Lei Complementar 92/2009.

O Seminário tem atraído importantes autoridades políticas da cidade, a
exemplo do Ministro das Cidades Agnaldo Ribeiro; deputados, vereadores e outras
autoridades. Na parte da manhã, uma das palestras foi do Ministro Agnaldo
Ribeiro. Ele chegou no Teatro da Facisa às 10h30, acompanhado do pai, o
ex-deputado Enivaldo Ribeiro e de sua irmã, a deputada estadual Daniela
Ribeiro. “Esta é uma medida importante para o desenvolvimento da nossa região,
para que possamos concretizar a liberação de recursos voltados para os
habitantes do Compartimento da Borborema”, disse o ministro.

A concretização do projeto para a região metropolitana irá beneficiar milhares
de pessoas que vivem na região considerada a de maior dinamismo econômico e
social da Paraíba. O ministro Aguinaldo Ribeiro é o autor do Projeto de Lei que
criou a RM de Campina Grande na época que exerceu o mandato de deputado
estadual. A proposta foi aprovada e sancionada pelo Governo Estadual.

O reitor da UEPB professor Rangel Junior, também participou da solenidade de
abertura do evento, e destacou a contribuição que a instituição pode dar para
resolver os sistemáticos problemas relacionados a mobilidade urbana. Rangel
Junior observou que o congestionamento nos grandes centros, é um problema
mundial e é um tema que preocupa a todos, exigindo análises, pesquisas e
estudos para tentar encontrar saídas.
Trata-se segundo visão do reitor, de um problema que nasce em função do
desenvolvimento humano e social, agradava pelo crescimento da tecnologia.
Rangel lembrou que hoje, um grande contingente populacional estão migrando para
as grandes cidades, sem que os gestores pensem em ações para acomodar a todos e
oferecer o suporte técnico. “Questão de planejamento urbano para garantir vias
expressas em todas as cidades, como deslocamento de pessoas com facilidades, é
um desafios dos gestores que só terão reconhecimento 50 anos depois” comentou.
Para ele, os gestores precisam ter coragem e ousadia para investir em projetos
na área de planejamento urbano, sabendo que o retorno só virá anos depois.
“Esse debate é rico nesse aspecto. De começar a pensar o futuro, porque as
pessoas vão continuar nas grandes cidades” disse.
Entre os palestrantes do seminário destaque para a
do pernambucano doutor em engenharia do transporte Osvaldo Lima Neto, e o
potiguar doutor em arquitetura Ruskin Freitas, o secretário de Meio Ambiente e
Sustentabilidade de Pernambuco, Helvio Polito Lopes Filho, o vice-presidente do
Fórum Nacional das Regiões Metropolitanas, Luciano Pinto, e o secretário de
Planejamento da Paraíba, Gustavo Nogueira. A perspecitva é que o governador
Ricardo Coutinho participe do encerramento do evento.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001