Procon afirma que lei que proíbe som alto nos ônibus é pouco eficaz e difícil de fiscalizar

Fonte:
Paraíba.com.br
Foto: Lucas Lima

O
secretário executivo do Procon Estadual, Marcos Santos, comentou a respeito da
lei de autoria do deputado estadual Gervásio Maia Filho (PMDB), aprovada por
unanimidade na Assembleia Legislativa e apontou defeitos no documento.

De
acordo com o secretário, a lei é boa, mas da forma que está deve ser pouco
eficaz. “Não podemos responsabilizar o motorista e o cobrador de fiscalizar
passageiros e ainda por cima notificá-los. A lei afirma que a Polícia pode ser
acionada no caso, mas como será isso?, questiona.
“O
cidadão que está no ônibus indo para casa ou para o trabalho, não vai descer
para ir numa delegacia por uma situação dessas, e como notificar a pessoa que
está com o som ligado.  Precisa regularizar isso para fazer com que a lei
seja eficaz”, disse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança Novos Paradiso DD da Catedral Relembre os Alphas do intermunicipal paraibano