STTP vai realizar cadastramento biométrico

Fonte: PB Agora
Foto: Ruan Silva

A
Prefeitura de Campina Grande, através da gerência de fiscalização e transportes
da STTP, está convocando a partir desta quarta, 13 de março, todos os
portadores de necessidades especiais que possuem a gratuidade nos transportes
coletivos para a realização do recadastramento 2013, em cumprimento a Lei
Municipal nº 1636 de dezembro de 1987 e a termo de Ajustamento de Conduta
firmado no ano de 2005 com a Promotoria dos Direitos do Cidadão. 


A
gratuidade para deficientes no transporte coletivo de Campina Grande, conforme
Artigo 1º da Lei Municipal 1.636 de dezembro de 1987, é concedida apenas aos
portadores de deficiência com dificuldade de locomoção.



Essa convocação tem o objetivo de atualizar os dados cadastrais dos deficientes
com direito a gratuidade para a aquisição de uma nova carteira de
identificação, visto que a carteira atual terá validade de vencimento em 30 de
abril próximo.



A novidade para este ano é que o cadastro também será procedido de forma
biométrica.



De acordo com informações da gerente Araci Brasil, todo o material e
equipamentos necessários para montar a estrutura que vai realizar o
cadastramento da digital dos deficientes já estão sendo providenciados.



Para a realização do processo de recadastramento, a STTP irá convocar 2.512
beneficiários, sendo 1367 com CIDS definitivos e 1145 sem definição, e que
serão reavaliados pela junta médica do órgão.



Também irão fazer parte deste cadastro aproximadamente 900 mudos e surdos, que
serão beneficiados com a gratuidade no transporte coletivo, após modificação da
Lei nº 1.637/87, a qual permitia interpretações restritivas sobre os direitos
de diversas pessoas com deficiências, pois, só considerava beneficiárias do
direito ao Passe Livre, aquelas pessoas que comprovassem a “dificuldade de
locomoção”.



A STTP alerta que todos esses usuários da gratuidade no transporte coletivo
devem ficar atentos à convocação através da imprensa, para a segunda quinzena
do próximo mês de março.



A previsão da STTP é que com a conclusão de todo o cadastramento, a partir do
segundo semestre o sistema de biometria já esteja em pleno funcionamento, pondo
em prática uma das medidas anunciadas para a melhoria dos serviços prestados no
transporte público.



Para o superintendente da STTP, Vicente Rocha, essa mudança é mais um
reconhecimento para os portadores de necessidades especiais que não mais irão
precisar subir e descer pela porta do meio, podendo transitar pelo ônibus e
passar pela catraca como qualquer cidadão.



“Estamos sempre pensando no bem-estar dessas pessoas, conquistando mais um
passo em busca da cidadania”, disse Vicente.

1 comentário em “STTP vai realizar cadastramento biométrico”

  1. e desde quando passar pela catraca é conforto e bem-estar? eh ruim pra caralho de passar nessas merdas duras e incovenientes

    eh melhor entrar pela porta do meio ou então pular

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança