Rodoviárias podem ganhar critérios de classificação de qualidade

Fonte: Câmara dos deputados
Matéria/Texto: Karla Alessandra
Foto: Thiago Martins de Souza

A Câmara está analisando proposta (PL 3178/12) que
estabelece critérios de classificação de qualidade para terminais rodoviários.
As rodoviárias serão classificadas de acordo com o número de passageiros, de
embarques e desembarques, de plataformas e da área coberta construída. Os
terminais também serão classificados pela segurança, higiene, infraestrutura e
conforto. A proposta já foi aprovada
na Comissão de Viação e Transportes. A relatora na comissão, deputada Rosane
Ferreira, do PV do Paraná, incluiu no substitutivo os terminais municipais.
Para ela, a melhoria desses terminais pode levar a população a utilizar mais o
transporte público.

“Nós, quando
trabalhamos essa questão de fazer com que as pessoas compartilhem o transporte,
que viajem de ônibus, que tirem tantos carros das nossas rodovias. Nós também
estamos indo ao encontro da sustentabilidade, da diminuição da poluição
ambiental, da racionalização de recursos naturais.”

Outro ponto incluído no
substitutivo em relação ao conforto foi a garantia de acessibilidade para
pessoas com deficiência. Para Luiz Maurício Alves, que mora em Brasília e é
cadeirante, a acessibilidade não se resume à colocação de rampas nos terminais.
Ele lembrou que a legislação brasileira determina que até 2014 os ônibus
interestaduais se adaptem para cadeiras de rodas, mas Luiz Maurício alerta que
somente entrar no ônibus não resolve os problemas enfrentados durante a viagem.

“Você imagine uma
pessoa na cadeira de rodas viajando 12 horas ou 24 horas ou até mais. Onde as
paradas que você tem para descansar, para você ir ao banheiro, você não
encontra o espaço acessível, não tem acessibilidade.”
Dados da Agência Nacional
de Transporte Terrestre mostram que em 2008, 130 milhões de pessoas viajaram de
ônibus, representando 71% do total de viagens realizadas no país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.