Destinos da Paraíba – Especial de Carnaval – Pitimbu

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Kristofer Oliveira
Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

Na
última postagem da série, abordaremos Pitimbu, a última cidade do litoral sul
paraibano, atendida pela empresa PB Rio.

Pitimbu
é conhecido como a terra da lagosta, por ser o maior explorador desse crustáceo
no estado. No idioma indígena significa “Olho D`água do Fumo”. Até
1867, pertencia a Capitania de Itamaracá, sendo repassado à Paraíba. Mesmo
atualmente sendo paraibana, não deixou de ser um reduto pernambucano, mediante
que uma parcela considerável das casas de veraneio, especialmente no distrito
de Acaú, ter proprietários oriundos desse estado. Atualmente possui um pouco
mais de 17 mil habitantes distribuídos em 136 km². Está distante a 68 km de
João Pessoa e a 85 km de Recife. Os acessos até o município pode ser feito pela
PB-008 e pela PB-044, após sair da BR-101.

Um pouco da sua história

Nos
primórdios, era conhecido como Porto do Franceses, devido a enseada litorânea
que formava um porto natural, sendo possível atracar mais de 12 embarcações com
6 a 10 braços de profundidade. Para completar, nos arrecifes que separavam a
praia do mar de fora, existiam duas barretas, para entrada e saída das
embarcações. O objetivo dos franceses era a comercialização do pau-brasil,
conseguindo esta matéria prima junto aos índios tabajaras, através do escambo.
Os holandeses também marcaram presença, fundando a Vila de Taquara.

Pitimbu
ainda chegou a pertencer ao município de João Pessoa, conquistando sua
emancipação em 1961, no governo de Pedro Gondim. Apesar da vila de Pitimbu e de
Alhandra serem unidas em seus interesses políticos, por pouco os interesses de
alguns políticos influentes de Alhandra consumou na incorporação de Pitimbu a
este município, no trâmite da emancipação. Se não fosse a manifestação popular
junto à influência política do primo do governador da Paraíba, Marinésio Moreno
Gondim, Alhandra teria um litoral.


Atividade econômicas, praia
e turismo na cidade

Além
da pesca da lagosta e outros crustáceos, além do peixe, o turismo é uma
atividade econômica que se destaca. Existem pousadas e restaurantes na cidade.
A cidade possui a maior faixa litorânea do estado, contando com treze praias,
um farol, duas barras e duas ilhotas:

Praia de Pitimbu
Praia mais urbanizada da orla pitimbuense, encontra-se no centro na cidade,
sendo assim a mais movimentada. Em sua extensão encontram-se bares,
restaurantes, pousadas e clubes. O rio conhecido popularmente por
“Maceió” corta a praia e a divide, dando início a Praia da Guarita;

Praia de Acaú
Principal praia do distrito de Acaú, localiza-se no centro, entre Pontinhas e
Santa Rita, muito procurado por turistas do estado vizinho; 

Praia Bela – A
praia mais procurada pelas pessoas que querem desfrutar de um bom banho de rio
e degustar deliciosas iguarias sem sair d’água. Em Praia Bela você é servido
dentro do balneário sem precisar ir ao bar fazer o pedido. A praia também é
muito procurada por praticantes de esportes aquáticos, pois o mar é bem agitado
e ocasiona boas ondas para a prática, já havendo até mesmo alguns campeonatos
nacionais. Atualmente passa por um grande boom imobiliário, vários condomínios
estão sendo construídos no local;

Praia Azul
Uma opção para quem busca sossego, um pouco afastada dos grandes centros de
agitos ela se destaca pelo ambiente familiar. Areia escura e batida forte, a
torna propícia para prática de caminhada e corrida, em toda sua extensão
localizam-se casas de veraneio e pousadas;

Praia dos Mariscos
Uma opção para quem busca sossego, um pouco afastada dos grandes centros de
agitos ela se destaca pelo ambiente familiar. Em toda sua extensão localizam-se
casas de veraneio e pousadas;

Praia do Pontal –  Está ao norte da Praia de Pitimbu, é o caminho
obrigatório para quem deseja conhecer as praias desertas localizadas na região
norte do município. É a ultima praia urbana de pitimbu sentido Praia Bela.

Praia da Guarita
Última praia urbana de Pitimbu, sentido Acaú, tem este nome devido à uma das
guaritas do Forte de Pitimbu encontrar-se no local. Praia calma, em toda sua
extensão localizam-se casas de veraneio e pousadas, sua divisão é feita pelo
rio Maceió, onde começa a Praia de Pitimbu;

Ponta de Coqueiros
Praia de mar agitado e deserta, esta é a Ponta de Coqueiros, a forte presença
de coqueiros no local faz com que a praia tenha um clima agradável e com
bastante sombra em suas areias;

Praia de Pontinhas  – Praia fluvial no Rio
Goiana, na divisa de estados PB e PE encontra-se este lindo paraíso, águas
calmas e escuras, areia branquinha e um lindo panorâmio do estado vizinho é o
que você encontrará em Pontinhas, no local há um serviço de balsa para fazer a
travessia para PE, muito procurado por pessas que não querem pegar a BR 101;

Barra do Abiaí
Fica ao norte da Praia das Falésias e ao sul da Praia Bela, é uma praia ainda
selvagem. Localizada na foz do Rio Abiaí. É uma praia excelente para a prática
de “surf” e dos esportes aquáticos radicais. O lugar está localizado
entre os diversos sítios da região. Abiaí é separada da Praia Bela pelo Rio
Abiaí;

Barra do Graú
Fica ao norte da Praia Bela e a Sul de Tambaba. Com esta localização não tinha
como o lugar não ser magnífico, belezas naturais que encantam e tranquilidade
que apaixonam, esta é a Barra do Graú. O avanço do mar, e a péssimo trajeto
para chegada neste paraíso não tiram seus encantos;

Praia de Santa Rita – No
distrito de Santa Rita, praia com grandes coqueiros e um belo capinzal fazem
parte deste lindo e curioso lugar;

Além
desses locais, vale a pena também conhecer:

Centro Histórico de Taquara – A
Vila de Taquara, fundada por holandeses, ainda do tempo Brasil Colônia, foi um
dos principais e maiores centros no passado, com tres igrejas, Igreja de Nossa
Senhora do Rosário, Igreja de Nossa Senhora da Penha de França e as ruinas
doutra igreja onde hoje é o cemitério público de Taquara. Situa-se em Taquara a
Paróquia de Nossa Senhora da Penha de França, a qual Pitimbu pertence. Uma
curiosidade é que as trés igrejas formam um triangulo e duas são de frente.
Além das igrejas o que chama a atenção é que Taquara ainda continua com
características de vila, apesar do passar dos anos;

Sede Velha
Sede Velha destaca-se pelo turismo de aventura, pois na área há boas trilhas
que possibilitam a prática de esportes como: trilha, ciclismo, entre outros.
Ainda em Sede Velha encontra-se o antigo casarão do Barão do Abiaí,
infelizmente abandonado.

Croas – Conjunto de
arrecifes em alto mar, que quando a maré baixa, forman-se piscinas de água
cristalina.


Carnaval em Pitimbu

O
carnaval se centra nas praias, especialmente a de Pitimbu, que fica na parte
central da cidade. Confiram aqui a programação: http://pitimbufm.blogspot.com.br/2013/02/prefeitura-de-pitimbu-divulga.html
Como chegar?


A PB
Rio opera linhas de ônibus para Pitimbu, partindo de:
João
Pessoa, via BR-101 e PB-044 – em três horários: 07:00, 11:50 e 17:00,
retornando às 05:00, 09:00 e 15:00. Passa pelo lado de fora da rodoviária
pessoense e seu terminal é no distrito de Acaú. ;
Goiana/PE
–  A partir das 07:00, com partida de
hora em hora. Passa por Caaporã e o distrito de Acaú.
Para
quem vem de Pernambuco, a outra opção é a balsa, partindo de Carne de Vaca até
o outro lado da foz do rio Goiana no distrito de Acaú. A primeira partida é de
Acaú, às 06:00 e a última acontece às 17:00, tendo uma regularidade de hora em
hora na alta temporada e de duas em duas horas na baixa. Já de Carne de Vaca, a
última partida acontece às 17:30.
De
João Pessoa, são duas opções: Pela PB-008 e pela PB-044.

Visitem
Pitimbu, um dos destinos da Paraíba!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.