Uma parte da história contada em fotos: EAVP em Campina Grande – 1977

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Kristofer Oliveira
Colaboração: JC Barboza
Foto: Acervo Paraíba Bus Team

Trazemos hoje
esta imagem de Campina Grande, da Progresso em 1977. Possivelmente a Progresso
na Paraíba operava nessa época a linha Campina Grande x Recife, linha operada
até hoje pela empresa. Outra ligação de Recife a Campina Grande era através
extinta paraibana Viação Gaivota, através da linha Recife x Iguatu/CE, que
também passava em João Pessoa. 

Um pouco da história da empresa (Retirada do site da empresa)

A
história da Progresso começou com João Tude de Melo que nasceu em 27/12/1896 na
Fazenda Mata do Diogo na cidade de Garanhus em Pernambuco, onde viveu por 34
anos.
Começou a trabalhar com 12 anos como carregador de bagagens, e aos 18 já
era motorista de caminhão.
Logo tornou-se
dono de uma oficina mecânica e a partir daí iniciou sua frota de caminhões.
E assim em
1932 surgiu em Garanhuns – PE a empresa João Tude de Melo.
Já em 1934 foi
criada a primeira linha regular de ônibus do Nordeste brasileiro, ligando
Garanhus a Recife um trecho de 250 km gastos em 15 horas de estradas de terra.
Em 1940 , João
Tude projetou o primeiro ônibus construído no país com motor interno e frente
reta da América do Sul, e ainda nesse ano foram criadas as linhas Recife – Rio
de Janeiro – Recife – São Paulo.
Todo esse
sucesso valeu um convite do entao Governador de Pernambuco Agamenon Magalhães,
para que a empresa fosse transferida para Recife e em 1952 a empresa modificou
sua razao social para Auto Viação Progresso Ltda.
Nos meados do
século XX a Progresso teve participação intensa na evolução dos transportes
rodoviários da América Latina, discutindo temas com as grandes empresas do
setor.
Hoje a
Progresso continua evoluindo trazendo mais conforto e segurança aos seus
clientes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Como ficariam os ônibus urbanos da Itapemirim? Relíquias do Museu da Itapemirim O amor pede passagem Busscar El Buss da Auto Viação 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 04/2021 Montagens de modelos com o layout da Nacional e Continental O Apache Vip na frota metropolitana da Grande João Pessoa O Apache Vip na frota municipal de João Pessoa Apache Vip da Util Renovação de frota na Boa Esperança