Mercedes-Benz erra nome de fornecedor ao convocar recall

Fonte: Automotive Business
Foto: Divulgação Mercedes-Benz

No
dia 9 de janeiro a Mercedes-Benz convocou recall de quase 33 mil caminhões Axor,
Atego, Accelo, Atron e LN e chassis para ônibus O500, OF, LO e OH, todos
fabricados entre agosto de 2011 e novembro de 2012. O objetivo é a verificação
e possível correção do torque de aperto do parafuso-trava dos cubos de rodas.
Na época, a montadora informou que a falha poderia ser encontrada nas rodas dos
veículos equipados com eixos de apoio NR4 Suspensys. No dia 17 passado, a
Mercedes-Benz corrigiu essa informação, comunicando que a peça com defeito não
é fornecida pela Suspensys, empresa do grupo Randon em sociedade com a Meritor,
localizada em Caxias do Sul (RG). 

Em
17 de janeiro, a fabricante publicou em alguns dos principais jornais do País a
seguinte nota de esclarecimento: “A Mercedes-Benz do Brasil Ltda. vem a público
esclarecer que nos recentes anúncios na mídia sobre o chamamento de veículos
comerciais da marca para verificação e, se necessário, correção do torque de
aperto do parafuso-trava dos cubos de rodas, a menção ao eixo de apoio NR4
Suspensys foi inadequada, por ser o NR4 um eixo de nossa linha de produtos. Não
houve, portanto, qualquer falha e/ou defeito que envolva produtos Suspensys. Há
apenas uma possível falta de torque de aperto do parafuso-trava dos cubos de
rodas montados pela Mercedes-Benz do Brasil Ltda.” 



Segundo explica a
empresa, o engano foi promovido por uma nomenclatura interna. Entre os
engenheiros e técnicos da montadora, o NR4 é comumente chamado de NR4 Suspensys
porque a travessa desse eixo é, de fato, fornecida pela empresa gaúcha. Mas a
montagem do componente completo, que recebe outras peças (como os cubos de
rodas e parafusos), é feita pela própria Mercedes-Benz, na fábrica de São
Bernardo do Campo (SP). 



Na convocação do
recall, a fabricante informou que, durante o processo de montagem dos veículos
envolvidos, constatou que pode ter havido falha no aperto do parafuso-trava dos
cubos de roda; não há, portanto, defeito no componente em si. Em alguns casos,
a falta do aperto adequado no parafuso em questão pode ocasionar o
desprendimento das rodas, o que poderia causar acidentes. 



Não há prazo para
os 32.987 proprietários dos caminhões e ônibus envolvidos no recall (número de
chassis de 9BM979048BB812873 a 9BM693298CB886718, não sequencial) enviarem seus
veículos para verificação na concessionárias Mercedes-Benz. Mais informações
podem ser obtidas pelo telefone 0800 970 9090.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001