Ônibus Paraibanos

Uma parte da história contada em fotos – Os monoblocos da Etur

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: JC Barboza/Kristofer Oliveira
Fotos: Acervo Paraíba Bus Team

Uma
das mais antigas e maiores empresas de ônibus da capital paraibana, a Etur,
marcou época no transporte pessoense. A Etur dominou o transporte de João Pessoa nos
anos 70 e 80. Sua primeira divisão ainda nos anos 80 deu origem a Transurb
(atual São Jorge) e sua falência em 1994, resultou no surgimento da Boa Viagem
(atual Santa Maria) e a Reunidas, sendo a linha operada por esta última desde
então; Seguindo a tendência das empresas de sua época, a empresa formava sua frota com vários monoblocos Mercedes-Benz O-364 e O-365 e vamos trazer imagens de alguns deles para os nossos leitores.

A Etur tinha uma frota de quase 100 ônibus e
atuava na zona sul da cidade, Cruz das Armas, Costa e Silva (atual 102), Cidade
dos Funcionários (atual 105), Jardim Veneza (atual 104), Alto do Mateus (atual
1502 diurna / 108 bacurau), Bairro dos Novaes, Rua do Rio (atual 109), José
Américo e Geisel (antiga 502, atual 1502), Grotão e Funcionários II, III e IV
(após expansão da cidade, operando as atuais 101 e 114).
A empresa aproveitando que atuava dentro de uma área de expansão
em João Pessoa, entra no bairro do Valentina, após o seu surgimento. Porém, na
mesma década, começa a dar sinais de que sua superioridade na cidade está
chegando ao fim, após uma separação que gerou a Transurb. Curiosamente, ela
herdou as linhas “do lado de lá” da BR-101, com as linhas 104 –
Bairro das Indústrias (incorporando a do Jardim Veneza), 110 – Jardim Planalto,
108 – Alto do Mateus (incorporando a linha do Bairro dos Novaes), e fugindo a
regra, a 502 – Geisel / Epitácio.

A empresa em uma de suas crises, teve um pedido de dez monoblocos Mercedes-Benz cancelado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.