Ônibus Paraibanos

Faltam apenas 30 dias para que todos os alunos da rede pública deixem de pagar passagens em JP

Fonte: Portal ClickPB
Matéria/Texto: Clilson Júnior

Faltam apenas 30 dias para que todos os
alunos da rede municipal e estadual que moram em João Pessoa comecem a usufruir  gratuidade nas  passagens de ônibus. A
promessa que deve começar a funcionar a partir de 1º de janeiro foi feita pelo
prefeito eleito, Luciano Cartaxo do PT durante entrevista concedida ao vivo no
dia 22 de outubro deste ano, no telejornal JPB 2ª Edição, apresentado por
Edilane Araújo, na TV Cabo Branco/Canal 7. Saibam mais aqui!


Luciano Cartaxo apresentou custos para
a aplicação do programa Passe Livre que deverá custar aproximadamente 4 milhões
de reais por ano,  aos cofres da Prefeitura de João Pessoa para levar de
graça todos os alunos de escolas públicas até a sala de aula. “É um custo que
será perfeitamente atendido pelos recursos da própria Secretaria Municipal da
Educação. Por esse motivo as pessoas que andam de ônibus não vão sofrer com o
aumento da passagem”, prometeu  Cartaxo.

Veja o vídeo:


Edilane Araújo: O senhor pretende oferecer
passe-livre aos estudantes. Qual será o critério?
Luciano Cartaxo: Olha,
todos os alunos da rede municipal e estadual, ou seja, todos os alunos da rede
pública terão o passe-livre. É uma coisa muito  simples de ser feita.
Vários municípios e capitais brasileiros já estão colocando em prática esse
projeto. O que nós vamos fazer? Garantir que o aluno fardado, dentro do horário
que ele vá para sala de aula, ele tenha o passe-livre, na ida e na volta. Nós
vamos colocar um aparelho em cada escola chamado validador, onde o estudante pega
o ônibus, chega na escola, passa o cartão, garante a frequência escolar. Quando
ele retorna para casa, que passa novamente na roleta do transporte coletivo,
identifica que ele foi à escola. Então, aquela passagem é gratuita. Isso é
importante por dois motivos. Primeiro, porque garante o acesso do estudante à
sala de aula, isso é fundamental. E a segunda questão é que faz com que a gente
desafogue -vamos usar esse termo – o orçamento familiar. Nós temos hoje aí
famílias com três quatro estudantes em sala de aula, e tem uma dificuldade de
manutenção da questão salarial dessas crianças, desses adolescentes, quando o
poder público através do orçamento da própria Secretaria de Educação faz um
investimento nessa área significa dizer que é mais alunos na sala de aula.

Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.