Destinos da Paraíba – Teixeira

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Kristofer Oliveira
Fotos: Kristofer Oliveira/Divulgação

Conforme prometido após a série do Caminhos do
Frio, na qual as principais cidades do brejo paraibano foram abordadas,
retornamos a série “Destinos da Paraíba” falando um pouco da cidade
de Teixeira, localizado no sertão paraibano. Situada a 325 KM de João Pessoa e na altitude de 700 metros acima do nível do
mar, Teixeira é uma ótima opção para quem busca passar alguns dias descansando
sob uma atmosfera interiorana e para quem busca aventura. Possui uma população
estimada em 15.000 habitantes. A serra de Teixeira, onde se situa o município, começou a ser ocupada no século
XVII após a expulsão dos holandeses, colocando em prática um plano do
Governo-Geral colonial em ocupar o interior do país. Seu primeiro povoado recebeu o nome de “Canudos”. A cidade foi emancipada em 1859 com seu atual nome.

Ao longo das décadas e séculos, a cidade passou
por várias atividades econômicas, destacando a produção de trigo, no século
XIX, e segundo relatos de pessoas influentes na época, a qualidade era superior
aos importados de outros países sul americanos e até mesmo do produzido no
estado do Paraná. Por questões políticas e interesses pontuais do império
brasileiro, que transcendiam o poder de decisão do governo da província
paraibana, assim como aconteceu com o ciclo do café em Bananeiras, a produção
chegou ao fim. As outras produções foram: produção de milho e farinha de
mandioca; sisal, tendo a maior produção do Nordeste entre as décadas de 40 e 60
do século passado; castanha de caju. Atualmente as atividades de destaque são:
sisal, cenoura, beterraba, algodão, milho, feijão e tomate, sendo esta última
responsável por 40% da produção do estado. Também, estão presentes rebanhos de
caprinos e bovinos, produzindo leite e carne.

O município é bastante procurado por ecoturistas, tendo em vista o grande
potencial que a Serra de Teixeira proporciona, sendo possível a prática do
trekking, ciclismo e rapel. O grupo de destaque na região é “Os
Cobras”, que desenvolvem diversas dessas práticas, além do desenvolvimento
de conscientização da preservação ambiental. E o trabalho não se restringe
apenas em Teixeira, pois em Maturéia, cidade vizinha, o trabalho também é
produzido no Pico do Jabre (que faz parte da Serra de Teixeira), o ponto mais
alto da Paraíba e o 3º maior do Nordeste com 1.197 metros, o seu entorno é composto por um ecossistema raríssimo no sertão, com incidência de Mata Atlântica serrana mesclado com elementos da caatinga)
 
Por sua estrutura mínima com bares, restaurantes e hotéis presentes, Teixeira
acaba sendo um ponto de parada obrigatório para quem visita a região.

Os principais pontos turísticos são:

Praça Cassiano Rodrigues

Igreja Matriz Santa Maria Madalena (construída em 1817)

Cachoeira Poço da Besta

Cachoeira Pedra do Espelho

Pedra do Talhado

Pedra do Tendó (mirante natural da cidade, muito procurado para o pôr-do-sol,
sendo possível ter uma visão do sertão, além de ver de longe a cidade de Patos)

E a 15 KM de Teixeira, o Pico do Jabre, em Maturéia (que além de ser o ponto
mais alto da Paraíba, possui remanescência de Mata Atlântica em pleno sertão)

 A Expresso Nacional de Luxo opera para cidade, através das linhas:

João Pessoa x Teixeira (entrando na rodoviária de Campina Grande)
João Pessoa x Princesa Isabel (entrando na rodoviária de
Campina Grande)
Campina Grande x São José do Egito/PE

A Guanabara também possui uma linha que passa por Teixeira. É a linha Aracaju X Fortaleza – Via Maceió. São saídas diárias partindo de Aracaju e de Fortaleza no mesmo horário, ás 12:30 com tarifa de R$ 199,99.

A noite, depois de curtir um dia de aventura e ver o pôr-do-sol na Pedra do
Tendó, vale a pena se deliciar com a tradicional macaxeira com carne-de-sol da
região e ouvir as lendas urbanas
locais relatadas pelos moradores. Essa é
Teixeira, um dos destinos da Paraíba!

2 Replies to “Destinos da Paraíba – Teixeira”

  1. Anônimo disse:

    Para Teixeira só se for em pé, pois em dia de muito movimento a Nacional "de Luxo" não coloca ônibus e muitas vezes precisamos viajar em pé, saia desta fria de ir a Teixeira.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.