Ônibus Paraibanos

Frota pessoense conta com mais de 400 ônibus

Fonte: Jornal da Paraíba
Matéria/Texto: Jaine Alves
Foto: Paulo Rafael Viana/Marcos Filho

João Pessoa possui pouco
mais de 723 mil habitantes, segundo dados do Censo Demográfico 2010 do
Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Para atender a
população existem seis empresas de ônibus no município que oferecem mais de 400
veículos. “Na Semob (Superintendência de Mobilidade Urbana) temos uma frota
cadastrada de 541 veículos, incluindo aqueles que ficam na reserva, enquanto
outros vão para manutenção.Circulando
na cidade temos 466, divididos em 91 linhas”, afirmou o chefe da Divisão de
Ônibus (Dion), Francisco Alcântara.

Segundo
ele, as seis linhas circulares possuem demanda maior, já que percorrem grande
parte dos bairros da cidade, a exemplo da 5110, diferente das linhas radiais,
que saem do bairro para o Centro da cidade. “Apesar de trafegarem por outros
bairros, são linhas de rotas mais simples. Os circulares possuem rotas maiores,
atraindo maior número de passageiros”, pontua.

Alcântara
diz que toda linha é direcionada de acordo com a demanda. Umas atendem
suficientemente a população, outras têm oferta maior que a procura e ainda há
as que precisam ser redimensionadas, a exemplo da 501 – Colinas do Sul, que
recentemente sofreu alterações.

“Essa
linha tem um percurso longo e passa constantemente por áreas de conflito de
trânsito, com grande fluxo de veículos, o que promovia muita perda de tempo e
dificuldade de operação.
Incrementamos
mais três ônibus na frota que já contava com cinco. Da 501 fizemos a 5201 e a
2501, que além de continuar atendendo a população com rota pela avenida Epitácio
Pessoa, segue por dentro do Cristo Redentor, por uma área mais tranquila,
reduzindo o tempo de viagem”, detalha.

De
acordo com o chefe da Dion, essa é uma solução a curto prazo com a finalidade
de suprir necessidades emergenciais, na qual esse tipo de intervenção dá maior
fluidez no trânsito. Há cerca de um ano, a Semob vem fazendo alterações no
trânsito para dinamizá-lo, principalmente focando no transporte público, que é
transporte de massa.
 
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.