Ônibus Paraibanos

Marcopolo inaugura centro de treinamento em Caxias do Sul

Fonte: Secco Consultoria de comunicação
Fotos: Júlio Soares

A
Marcopolo inaugurou (hoje, 22 de outubro), seu novo centro de treinamento. Com
instalações amplas e equipamentos modernos, o novo centro tem como principal
objetivo proporcionar condições ideais para a formação profissional e
qualificação dos colaboradores da empresa. O
novo Centro de Treinamento Marcopolo demonstra o foco e a importância que a
companhia sempre dedicou à qualificação profissional de seus colaboradores,
clientes, bem como os jovens da Escola de Formação Profissional Marcopolo. “A
produção de ônibus utiliza mão de obra intensiva e precisa de elevado padrão de
qualidade. Com a aplicação maior de tecnologia nos produtos e também nos
processos de trabalho, as constantes formação e atualização profissional são
essenciais para manter a competitividade da empresa”, destaca Osmar Piola,
gerente de Recursos Humanos da Marcopolo.

Modernas
e amplas instalações
O
novo Centro de Treinamento Marcopolo recebeu investimentos na ordem de R$ 2
milhões. Com 3,3 mil metros quadrados de área construída, possui células específicas
e independentes para cada área e/ou etapa do processo de produção Marcopolo,
como elétrica, mecânica, ar-condicionado, soldagem, operação de máquinas,
plásticos e pintura. Além da área administrativa, o CTM dispõe de oito salas de
aula para formação técnica, inclusive de idiomas (inglês e espanhol) e
auditório com capacidade para 200 pessoas.
Segundo
Piola, um dos principais pontos a serem destacados é a ampliação da capacidade
instalada para treinamento dos colaboradores, que era limitada pelo espaço
físico no local anterior. “Como o novo centro é quatro vezes maior, aumentamos
de oito para 40 pontos de solda, de seis para 45 painéis simuladores
eletroeletrônicos e de 20 para 40 bancadas de mecânica”, destaca Piola. O
centro também conta com telhas translúcidas para melhor aproveitamento da luz
natural, reduzindo o uso da luz artificial.
De
acordo com Piola, mais do que a ampliação da área e novos equipamentos para
treinamento, o investimento realizado permitirá ganhos ainda maiores em
qualidade, pois os profissionais serão treinados em condições muito semelhantes
às encontradas nas linhas de produção da Marcopolo. “Com o novo centro, as
pessoas que estão sendo treinadas em solda vão finalizar a formação utilizando
gabaritos iguais aos da fábrica. Além disso, também aprenderão a programar e
operar um robô soldador, idêntico ao da linha. Antes, não tínhamos o robô e as
soldas eram feitas em peças de sucata. Também teremos treinamentos em chassis
das principais marcas utilizadas por nossos clientes no país”, explica o
gerente.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.