Ônibus Paraibanos

MAN apresenta nova linha Volksbus em evento

Fonte: Transporte Mídia
Foto: Divulgação

Atenta às
tendências da mobilidade urbana do Brasil, a MAN Latin America destacou em seu
estande na 9ª edição de FetransRio, no Rio de Janeiro, o novo integrante da
família Volksbus, o chassi 17.260 OD. A empresa expôs também o ônibus híbrido
MAN Lion´s City, modelo importado da Alemanha. Disponível na Europa, este
ônibus já foi apresentado pela MAN na Rio+20, conferência sobre desenvolvimento
sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU),  realizado em junho
deste ano também no Rio de Janeiro.

Segundo a
montadora, o chassi 17.260 OD é o único com motor dianteiro de seis cilindros
do mercado que não necessita de Arla 32. É que o propulsor MAN DO8, com seis
cilindros e 260 cvde potência, utiliza o sistema EGR (Recirculação de Gases de
Exaustão) de póstratamento de emissões que dispensa o uso da ureia. Esta
tecnologia, que atende à norma Euro 5 do Proconve P7, só é utilizada no mercado
brasileiro pela MAN. “Para atendermos à legislação, não bastaria trabalharmos
apenas na mudança de motores da linha Volksbus. Fomos além, e desenvolvemos uma
linha totalmente renovada, com uma série de evoluções tecnológicas que agregam
ainda mais valor à família Volksbus”, afirmou Roberto Cortes, presidente da MAN
Latin America.
Outra
característica que a montadora destaca neste novo chassi VW 17.260 OD é o sistema
de freio motor EVB (Exhaust Valve Brake), que proporciona maior poder de
frenagem, garantindo segurança e redução nos custos de manutenção.
Segundo a MAN, o
novo VW 17.260 OD é uma excelente opção para os frotistas em um mercado cada
vez mais competitivo. A motorização favorece o uso deste veículo em operações
de fretamento, pois a grande maioria dos ônibus é equipada com sistema de
ar-condicionado e outros recursos que utilizam parte da potência do motor. O
veículo também pode ser utilizado em operações urbanas para o transporte de uma
grande quantidade de passageiros, em vias com más condições e em locais com
topografia acidentada, que exigem mais potência e torque elevado do motor.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.