Ônibus Paraibanos

João Pessoa possui várias linhas de ônibus que circulam durante toda a madrugada

Fonte: Paraíba News
Fotos: Paulo Rafael Viana/Marcos Filho/Thiago Martins de Souza/Heron Junior

A cada ano que passa o sistema de transporte coletivo urbano da cidade de João
Pessoa vem melhorando e agregando ainda mais conquistas para o seu público
consumidor. Este ano, por exemplo, os passageiros já podem comemorar a marca
dos 201 ônibus eficientes cadastrados na frota de ônibus de João Pessoa, que
possui 456 veículos em circulação diariamente. E ainda tem mais. Além de ter
uma das frotas mais novas do país, com uma média de 3,6 anos, a Capital
paraibana também já conta com 12 linhas “bacurais”, ou seja, linhas que
circulam durante toda a madrugada atendendo à demanda de usuários que se
divertem, trabalham, ou que, por algum motivo, necessitam do transporte público
durante o período entre a meia noite e às 5 horas da manhã.


 

Atualmente,
as linhas que efetuam viagens nesse horário são a 101, 104, 108, 118, 203, 301,
504, 507, 510, 601, 1500 e 5100. Estas linhas, no entanto, podem funcionar de
uma forma diferente do usual, algumas com percurso reduzido e outras com
itinerários estendidos, para garantir mais comodidade e segurança ao usuário, embora todas,
sem exceção, tenham como ponto de retorno o Terminal de Integração do
Varadouro. A linha 101, por exemplo, que é operada com um veículo pela empresa
Reunidas, durante a madrugada tem o seu terminal estendido até o Colinas do
Sul, visto que essa localidade não possui linhas nesse horário.
 

Outra
linha que tem seu ponto final modificado é a 118 – Valentina/Cruz das Armas.
Iniciando sua viagem no 5º Batalhão do Valentina Figueiredo, o itinerário da
linha 118 se estende atendendo a todo o conjunto, trafegando ainda por Paratibe
e Muçumagro, seguindo pelo bairro de Cruz das Armas até o Terminal de
Integração do Valentina. A 118 é operada pela São Jorge com um carro, e seu
percurso é efetuado dentro de 1 hora e meia. 

Já a linha 504 – Mandacaru possui
particularidades curiosas. Uma delas é que a linha bacurau da 504 tem seu ponto
final na frente da garagem da empresa para garantir a segurança
dos usuários evitando que os mesmos aguardem pelos veículos no ponto usual
pouco movimentado durante a madrugada. A segunda curiosidade é que em eventos
realizados na pela casa de shows localizada no Manaíra Shopping, a linha se
estende até a região para dar mais comodidade ao usuário.

 
Outras linhas que sofrem mudanças de itinerários
são a 203 operada pela Transnacional, que também tem o seu percurso alterado
para atender os usuários do bairro Cidade Verde, visto que nesse horário não
existe linha trafegando naquela localidade. A linha 5100 – Circular (Manaíra
Shopping) também sofre alterações. Assim como a 1500, na madrugada, a 5100
deixa de operar no Manaíra e trafega internamente pelo Terminal de Integração.
 

Mas também existem
linhas do tipo bacurau que não sofrem modificações em seus itinerários. São
elas: a 104 – Bairro das Indústrias; 301 – Mangabeira/Pedro II e a 601-
Bessa/Manaíra Shopping. A 104 é operada pela São Jorge com um veículo cujas
viagens são realizadas em 1 hora e 30 minutos. A 301 é operada pela
Transnacional e realiza suas viagens com um veículo que parte de seu terminal
em Mangabeira IV, seguindo pela Josefa Taveira, Pedro II e Lagoa em direção ao
Terminal de Integração do Varadouro. Por fim, um fato curioso no bacurau da
linha 601- Bessa, operada por um veículo da empresa Transnacional, é que ela só
funciona nos fins de semana. Da mesma forma, mais curiosidades são encontradas
na linha 108 – Alto do Mateus, que só funciona durante a madrugada, não
realizando viagens durante o dia, e na linha 5101 – Cabedelo, responsável pelo
deslocamento dos usuários de Cabedelo a João Pessoa e vice-versa durante toda a
madrugada.

 

 

Para
o diretor executivo da Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos
de João Pessoa – AETC-JP, Mário Tourinho, as 12 linhas que circulam na cidade
durante a madrugada é mais um compromisso das empresas para com as necessidades
e o
 conforto do usuário que ao final de suas
atividades, sejam elas recreativas ou relativas ao trabalho, sempre tem à sua
disposição o sistema de transporte coletivo de sua cidade. “Em qualquer horário
do dia, em qualquer dia da semana, as empresas estarão sempre presentes para
levar o usuário com regularidade ao seu destino, mesmo que para isso, um ônibus
trafegue com um, dois, ou poucos passageiros”, afirmou o dirigente, reforçando
o compromisso das empresas com um serviço cada vez melhor e mais atento às
necessidades dos clientes.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.