Ônibus Paraibanos

Caminhos do frio – Alagoa Grande

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto: Kristofer Oliveira
Fotos: Kristofer Oliveira/Adriano Minervino/Thiago Martins de Souza/Paulo Viana
“Acontece em seis cidades do
brejo paraibano: Bananeiras, Serraria, Pilões, Alagoa Nova, Alagoa Grande e
Areia. Todos os municípios estão situados na região de serra onde os
termômetros nos meses de inverno chegam a marcar 12 graus. Uma junção de beleza
natural de imagens marcantes, com riquezas culturais, patrimônio histórico
tombado, produção de cachaça artesanal e gastronomia.” O evento já entra na sua quinta
semana e já se aproxima do fim. A penúltima cidade a sediar o evento será
Alagoa Grande, entre os dias 20 e 26, com a temática “Festival de Artes
Populares Jackson do Pandeiro”, uma homenagem ao seu filho mais ilustre.

Dentre as cidades do brejo, Alagoa
Grande é a que possui uma menor altitude, com apenas 143 metros de altitude,
porém, possui elevações no seu território, a exemplo do Morro do Cruzeiro.
Também, é a cidade que está mais próxima da capital paraibana, a 103 km de
distância.
Engana-se quem passa por Alagoa
Grande e pensa que se trata de apenas mais uma simples cidade de passagem,
principalmente para quem segue com destino a Areia. Para os bons obervadores, é
notório o potencial turístico do lugar, e quem não pode parar, com certeza
retorna e não se arrepende ao descobrir as suas particularidades. 
A vocação no turismo na cidade se
centra no Turismo Rural, na qual é possível conhecer propriedades rurais e
engenhos, a exemplo da Volúpia, fabricante de uma das melhores cachaças do país
que recepciona bem os visitantes, apresentando a sua linha de produção e as
diferentes etapas da fabricação do seu principal produto, além  de
fornecer seus diferentes licores para degustação. O Turismo de Aventura com
cavalgada ecológica, leves trilhas na remanescência de mata atlântica e
visitação as cachoeiras do local também é outro potencial.

Além do Engenho Volúpia, as outras
atrações são: Memorial Jackson do Pandeiro; Casarões de arquitetura colonial
portuguesa e outras edificações históricas da época do ciclo do açúcar; Teatro
Santa Ignez; Lagoa do Paó; Morro do Cruzeiro –  na qual se tem uma visão
panorâmica da cidade; Igreja Nossa Senhora da Boa Viagem – Uma das igrejas mais
bonitas do brejo, se não a mais, com estilo neoclássico, arquitetura gótica e
traços barrocos.

Partindo de João Pessoa, a Bela Vista
possui linha direta para o município, além das João Pessoa x Arara e João
Pessoa x Areia (véspera de feriadões e feriadões) passarem na cidade.
E de Campina Grande, também pela Bela
Vista, que possui linha direta, ou, pela São José através da linha para
Guarabira. Aos sábados a Bela Vista também possui uma linha partindo de Sapé para Alagoa Grande.

Do Rio de Janeiro parte uma linha da Viação Itapemirim para Alagoa Grande.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.