Salomão sobre proibição de fiscais de ônibus: “Empresários só enxergam a parte de lucro”

Fonte: Paraíba online

Foto: JC Barboza

Ônibus de Campina Grande sem o posto do cobrador
O titular da STTP, Salomão Augusto, falou sobre a recente portaria que proíbe a fiscalização das empresas de ônibus em relação às rotas dos transportes públicos.

Em entrevista à Rádio Caturité AM, ele disse que a decisão foi tomada em conjunto pelo setor técnico da STTP para melhorar o fluxo de ônibus na cidade.

Salomão informou que a decisão não foi tomada para diminuir empregos e acrescentou que os fiscais das empresas de ônibus tinham uma questão concorrência entre eles na Praça da Bandeira.



– Era uma briga constante você atrasar ônibus para esperar horários de pico e isso é inadmissível. Isso pode ser considerado um canibalismo. Quem determina horário é a STTP e nenhum fiscal de empresa nenhuma pode fazer isso. O representante do Sitrans diz que a STTP está tirando empregos, mas quem tira empregos são os próprios empresários quando existem ônibus que não têm nem cobradores. Vamos coibir isso também. Os empresários só enxergam a parte de lucro – acrescentou Salomão Augusto.

1 comentário em “Salomão sobre proibição de fiscais de ônibus: “Empresários só enxergam a parte de lucro””

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 09/2021 Apache Vip V da Matias Vissta Buss 400 da Cantelle El Buss 320 L da Solazer El Buss FT da Dom Bosco Apache Vip V da Viação Novacap Vissta Buss DD da 1001 Número das vendas e exportações de carrocerias de ônibus – 08/2021 Senior da PB Rio Apache Vip V da Viação Pendotiba Apache Vip V da N.S. Penha Vissta Buss 360 da 1001