Ônibus Paraibanos

Caminhos do Frio – Areia

Fonte: Portal Ônibus Paraibanos
Matéria/Texto/Fotos: Kristofer Oliveira

“Acontece em seis cidades do
brejo paraibano: Bananeiras, Serraria, Pilões, Alagoa Nova, Alagoa Grande e
Areia. Todos os municípios estão situados na região de serra onde os
termômetros nos meses de inverno chegam a marcar 12 graus. Uma junção de beleza
natural de imagens marcantes, com riquezas culturais, patrimônio histórico
tombado, produção de cachaça artesanal e gastronomia.”

Após Bananeiras, Serraria e Pilões, o Caminhos do Frio chega em Areia, com a
temática “Frio, Cachaça e Arte”. Dentre as seis, a cidade de Areia é
a que causa a maior expectativa do evento, por tamanha importância histórica e
cultural na região e no estado.

Situa-se a 130 Km de João Pessoa e
possui uma altitude que varia entre 623 e 638 metros acima do nível do mar. É
comum ver uma leve neblina durante todo ano cobrindo o horizonte, e mesmo no
verão, o vento não deixa de soprar frio, mantendo sempre uma temperatura
agradável. Assim como nas outras cidades, no inverno a temperatura costuma
baixar. 

Diferente das outras cidades da
região, mesmo tendo um grande potencial no Ecoturismo, essa não é a principal
vocação de Areia. Quem visita a cidade tem a impressão que está dentro de um
museu vivo a céu aberto, pois, a Areia respira história e cultura. 

Durante muito tempo foi o principal
centro educacional do estado, tendo a Escola Agrícola do Nordeste (atual UFPB),
Colégio Santa Rita (das irmãs franciscanas) e o Colégio Estadual de Areia
(antigo Ginásio Coelho Lisboa), na qual atraia estudantes de famílias
tradicionais de todo Nordeste. Diante dessa importância na educação, gerou
filhos ilustres de destaque, a exemplo do pintor imperial Pedro Américo, José
Américo de Almeida (sociólogo, ex governador do estado e ex ministro no governo
Getúlio Vargas), Walfredo Leal (político e religioso), Dom Adauto Henriques
(primeiro Acebispo da Paraíba), Álvaro Machado (fundador do jornal A União),
Horácio de Almeida (Historiador, fundador da Federação das Academias de Letras
do Brasil) entre outros, além de cidadães comuns que se destacavam pelo estado
afora, ocupando cargos importantes e seguindo carreira de destaque.

São bastante as contribuições e
curiosidades que envolvem a cidade de Areia: O primeiro teatro do estado; A
primeira cidade a ter jornal impresso; Segunda cidade do Brasil a decretar a
abolição da escravatura antes mesmo da Lei Áurea; Possui uma banda Filarmônica
Centenária; E, participou ativamente das revoluções do Século XIX, a exemplo da
Revolução Pernambucana, Confederação do Equador, Constituição Jurada, Praieira
e Revolta do Quebra-quilos. 
A cidade possui bastante engenhos,
117 ao total, que produz cachaça, rapadura, mel, açúcar mascavo, doces e outras
iguarias, sendo esta uma das principais fontes da sua economia. Na educação, a
possui o Campus II da UFPB com o Centro de Ciências Agrárias, comportando os
cursos de Agronomia, Zootecnia e Biologia, tendo também programas de
pós-graduação em Mestrado e Doutorado na área.

 
No turismo, se destacam: Balneário de
Furnas; Parque Estadual Mata do Pau dos Ferros (reserva florestal de mata
atlântica com espécimes endêmicas); Colégio Santa Rita; Obelisco; Igreja Nossa
Senhora da Conceição; Igreja do Rosário dos Negros; Teatro Minerva; Museu da
Casa de Pedro Américo; Museu da Rapadura; Museu Regional de Areia; Sobrado José
Rufino; Vila Neuza; Bar do Chifre; Engenho Triunfo.

Diante dessa exposição, fica fácil de
compreender do por que Areia ser a primeira cidade paraibana tombada pelo IPHAN
(Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional).
Partindo de João Pessoa, a Bela Vista te leva para este patrimônio paraibano e
do Brasil, com diversas partidas durante o dia, sendo o primeiro às 06 hrs e o
último horário às 18 hrs, através da linha João Pessoa x Arara. Quando existe
uma grande demanda, a exemplo de datas comemorativas, a linha João Pessoa x
Areia é ativada.

 

 E partindo de Campina Grande, a São José e Transpassos operam as linhas para
cidade.

 Existem também linha partindo do sudeste do país para Areia, a linha Rio de Janeiro X Alagoa Grande da Viação Itapemirim que passa na cidade.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.