Ônibus Paraibanos

A Scania oferece vantagens na era Proconve P7

Fonte: Abrati
Foto: JC Barboza

As vantagens oferecidas pela Scania são objeto de uma campanha publicitária veiculada desde janeiro nos principais meios de comunicação, como televisão, mídia impressa e meios digitais. Os anúncios informam que, para o segmento de ônibus, os compradores têm direito ao Arla 32 gratuito e a um contrato de manutenção preventiva que inclui troca de óleo de motor e  de filtros, entre outros. Já os compradores de caminhões recebem o agente redutor Arla 32 por 120.000 quilômetros e, caso optem pelo modelo R440, seja na configuração 6×2, seja na 6×4, ainda ganham o câmbio automatizado Scania Opticruise, freios ABS e sistema de controle de tração. Vejam mais aqui nessa matéria!

O regulamento e as condições gerais da promoção podem ser consultados no site da montadora (www.scania.com.br). Enquadrar na norma Proconve P7 os ônibus e caminhões produzidos no Brasil implicou a adoção de novas tecnologias e a instalação de mais equipamentos nos veículos, com um aumento nos custos. Basicamente, trata-se de mais um tanque de pequena capacidade para armazenagem do agente redutor Arla 32, um catalisador para processar o pós-tratamento dos gases emitidos pelo motor e um sistema que monitora eletronicamente o nível das emissões de poluentes do motor. 
RETRAÇÃO – Seja como for, houve uma queda no volume de emplacamentos neste começo de ano, provocando especulações sobre um possível arrefecimento das compras de ônibus e caminhões em 2012. A própria tradição do mercado brasileiro mostra que, depois de um ano de recordes (como foi o ano passado), a demanda tende naturalmente a cair. Pelo menos uma grande montadora admite redução de 15% nas suas vendas deste ano. Tentando justamente evitar ou atenuar os efeitos da possível retração do mercado, outra montadora está trabalhando com taxa zero no financiamento das unidades que sobraram do ano passado, ainda com a tecnologia antiga.
As montadoras também estão preocupadas em convencer os clientes acerca das vantagens proporcionadas pelos novos veículos, mesmo que custem um pouco mais.
O LADO AMBIENTAL –  O esforço de marketing da Scania está voltado, em boa parte, para o aspecto da maior sustentabilidade ambiental proporcionada pelos veículos Proconve P7, tendo em vista o grande avanço alcançado com a utilização das novas tecnologias. Márcio Furlan,gerente de Marketing e Comunicação Comercial, sustenta que a Scania está muito à vontade para trabalhar esse conceito, já que há muitos anos tem sido pioneira nas questões de sustentabilidade. A propósito de sustentabilidade, o diretor de Vendas de Ônibus da Scania Brasil, Wilson Pereira, estende o conceito aos ônibus a etanol desenvolvidos pela marca (inclusive com o diferencial de não exigirem o uso do agente Arla 32), e do qual 50 unidades estão rodando desde maio de 2011 no serviço urbano da cidade de São Paulo.
Outras dez unidades – Estes serão carros equipados com o chassi K270 6×2 de 15 metros – passarão a rodar no segundo semestre. Atualmente, mais de 800 veículos Scania alimentados com esse combustível renovável estão em operação na cidade de Estocolmo, Suécia. Wilson Pereira acentua que, na sua opinião, a Scania é a única montadora do mercado preparada para fornecer veículos movidos a etanol e lembra que a Prefeitura de São Paulo já estabeleceu prazo até 2018 para que as operadoras de transporte urbano da capital renovem totalmente suas frotas com ônibus que utilizem exclusivamente combustíveis 100% renováveis.
Registre-se que todo o trabalho da Scania está sendo feito simultaneamente ao esforço de comercialização dos veículos produzidos em 2011 e ainda em estoque, equipados com a tecnologia anterior (Euro III). Embora a produção deles não seja mais permitida, a entrega dos que foram fabricados até 31 de dezembro do ano passado deve se estender até o fim de março.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.