Ônibus Paraibanos

A segunda edição do Prêmio Boas Práticas

Fonte: Abrati
Foto: Kristofer Oliveira

A ABRATI e a ANTP — Associação Nacional do Transporte Público — divulgaram o regulamento do certame que vai escolher e premiar as empresas de transporte rodoviário interestadual e internacional de passageiros que mais se destacarem em 2012 por suas boas práticas operacionais. Para o presidente da ABRATI, Renan Chieppe, o sucesso alcançado pela primeira edição, no ano passado, representa um estímulo a mais para que as empresas associadas se inscrevam e disputem o prêmio. Leiam mais!


Ele entende que as operadoras do setor rodoviário de passageiros reúnem todas as qualificações para participar e contribuir para a disseminação de suas experiências, pois, ao longo dos anos, vieram sempre aperfeiçoando e consolidando, de maneira criativa, a qualidade dos seus serviços. “O Prêmio Boas Práticas é um instrumento importante para dar visibilidade à atuação das empresas e ao seu empenho em evoluir sempre”, afirmou Renan. A participação no Prêmio é aberta a todas as empresas de transporte rodoviário de passageiros de longa e média distâncias associadas à ABRATI. O regulamento estabelece que cada organização poderá inscrever uma Boa Prática em cada uma das três categorias em que se divide o Prêmio.
As categorias são: Atendimento ao cliente — ações de melhoria da qualidade dos serviços prestados aos clientes, ações de promoção de novos serviços e de melhoria no relacionamento com os clientes, usuários e comunidade em geral. Exemplos: canais de comunicação, centrais de atendimento, mobilização social, pesquisas ou sondagens permanentes, ações de fidelização.
Adesão dos colaboradores — ações das organizações para ampliar a adesão dos colaboradores aos seus valores e projetos, ações destinadas a melhorar a capacitação e a qualificação dos colaboradores, ações para melhoria do clima interno de trabalho. Responsabilidade socioambiental — ações de responsabilidade social e ambiental voltadas ao fortalecimento da inserção da empresa na sociedade em geral, ações envolvendo a redução ou compensação dos impactos das ações da empresa sobre o meio ambiente, ações voltadas para a melhoria da qualidade de vida nas comunidades onde as empresas atuam.
INSCRIÇÕES – Desde maio último, os formulários de inscrição foram disponibilizados aos interessados no site do Prêmio (www.antp.org.br). As inscrições devem ser feitas exclusivamente por meio digital. No formulário de inscrição a empresa deve  informar seus dados cadastrais, a categoria ou categorias em que está se inscrevendo, e fazer um sumário de cada experiência inscrita.
JULGAMENTO – O julgamento dos trabalhos inscritos será feito por uma Banca de Juízes até o dia 26 de outubro. A banca será composta por especialistas, parte oriunda do setor de transporte público e trânsito, parte externa ao setor e com experiência nas diversas áreas de marketing e comunicação social. Os critérios de julgamento a ser levados em consideração são: a contextualização da experiência (objetivo, desafio, desenvolvimento e solução), formas de pesquisa e levantamento de informação para desenvolvimento da experiência, pertinência da solução dada considerando os objetivos fixados, documentos respaldando as declarações relativas aos resultados obtidos.

As empresas vencedoras serão anunciadas e premiadas na noite do dia 5 de dezembro, durante a festa anual de confraternização das associadas da ABRATI, em Brasília.
AS VENCEDORAS  DO ANO PASSADO
Categoria Adesão dos Colaboradores
1º lugar – JCA Holding Transportes (RJ), case “Novos Caminhos JCA:
Uma estratégia de transformação organizacional a partir dos valores”.
2º lugar – Viação Águia Branca (ES), case 
“Gestão de pessoas, um processo contínuo”.
3º lugar – Expresso Guanabara (CE), case “Adesão dos Colaboradores”.
Categoria Atendimento ao Cliente
1º lugar – Viação Águia Branca (ES), case “Jeito Águia Branca de atender”.
2º lugar – Expresso Guanabara (CE), case “Atendimento ao Cliente”.
3º lugar – Viação Garcia (PR), case 
“Inovação tecnológica: conforto e segurança ao passageiro Garcia”.
Categoria Responsabilidade Sócio-Ambiental
1º lugar – Viação Águia Branca (ES), case 
“A Sustentabilidade no Transporte Rodoviário de Passageiros”.
2º lugar – Expresso Guanabara (CE), case 
“Responsabilidade Sócio-Ambiental”.
3º lugar – Empresas Reunidas Paulista de Transporte (SP), case 
“Esporte como Ferramenta de Desenvolvimento Social e Humano”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.