Ônibus Paraibanos

Brasil investe em corredores de ônibus

Fonte: Webtranspo
Foto: Josenílton Cavalcante da Cruz

O Governo Federal está investindo R$ 32 bilhões no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) Mobilidade Urbana Grandes Cidades. Por meio do programa, devem ser construídos aproximadamente 600 quilômetros de novos corredores de ônibus nos principais centros do País.
Com os aportes do Governo Federal em obras de mobilidade urbana, também entra na discussão a qualidade do planejamento e dos melhores sistemas construtivos a serem adotados. Um recente estudo do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada) mostrou que o sistema BRT (Bus Rapid Transit) deve ser incentivado devido aos custos menores de instalação e maior flexibilidade operacional, podendo atuar em tráfego misto ou em vias exclusivas.

Com os grandes eventos esportivos que o Brasil sediará, como a Copa do Mundo de 2014 e as Olimpíadas de 2016, a tendência é que o BRT ganhe espaço nos próximos anos. O sistema já está nos principais corredores de ônibus de Curitiba, São Paulo, Porto Alegre, Brasília e na Via Expressa de Belo Horizonte.
Além disso, a tendência é que as obras de infraestrutura dos corredores de ônibus utilizem a pavimentação de concreto, que é mais indicada para suportar o trânsito de veículos pesados, por ter vida útil maior que as demais alternativas de pavimentação, não sofrer deformações plásticas e nem com a ação de combustíveis.
 
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.