Ônibus Paraibanos

Conclusão da duplicação da BR-101 do Rio Grande do Norte até a Paraíba fica para dezembro

Fonte: Estradas.com.br

Por causa das chuvas do período, o prazo de conclusão da duplicação da BR-101, entre Natal e a divisa com a Paraíba, foi prorrogado de agosto para dezembro de 2012. A duplicação da principal rodovia que cruza o Rio Grande do Norte é uma das principais obras em execução pelo Ministério dos Transportes no RN, por meio do Departamento Nacional de Infraestrutura dos Transportes (DNIT). A obra está incluída no Programa de Modernização e Ampliação da Capacidade da Rodovia BR-101/RN, e começa no sub-trecho entrada da RN-063 (Viaduto de Ponta Negra), se estendendo à vizinha Paraíba. A via tem 81,4 quilômetros de extensão, e foi dividida em dois lotes. O valor total investido no trecho RN da duplicação é de é de R$ 527.750.649,93. 



O valor já inclui os custos de projeto, gerenciamento, supervisão, além de custos diretos e de obras delegadas, como também os gastos correntes com desapropriação, relocação e meio ambiente. ODNIT informou que, ao longo da obra duplicada, existem em execução obras de sinalização, obras complementares, calçadas e pequenas drenagens e implantação de uma rua lateral, entre Natal e Parnamirim e conclusão de passarelas em Goianinha, Canguaretama e São José de Mipibu. 

“A duplicação está praticamente completa. As pistas centrais estão totalmente prontas. Faltam apenas as marginais, que estão sob responsabilidade do Exército Brasileiro”, declarou o superintendente regional do DNIT-RN, Ézio Gonçalves dos Reis. O trecho mais complicado da obra parece estar na parte urbana de Natal até a saída para Parnamirim. “Algumas intervenções precisam ser feitas na parte de eletricidade e com tubulação. Mas isso já está sendo visto num diálogo entre as direções da Cosern e da Potigás. As concessionárias precisam retirar os postes, por exemplo, e existe ai alguma dificuldade”, acrescentou o superintendente regional. 

A situação física da obra segue mais próxima à conclusão no lote 2, entre Arez e a divisa com a Paraíba, com 35,2 km. Lá, 97% das obras já foram executadas. Entre a capital e Arez, num trecho de 46,2 km referente ao lote 1, a obra segue mais lenta. Setenta por cento dos serviços já foram concluídos, mas o DNIT garante que dá tempo de concluir até dezembro. Das obras do lote 1, o DNIT informou que o trecho já está com 100% da pista nova (duplicação) executada, e na pista antiga os serviços de restauração acumulam 99% executados.

“Em São José de Mipibu, em execução já em fase de conclusão todo o sistema de drenagem, os acessos pistas/marginais, e aí incluídos os serviços de calçadas e outros complementares, como também a passarela metálica e em andamento a rampa de acesso lado esquerdo”, diz a nota enviada pelo órgão. Resta concluir apenas a sinalização.

Já entre Natal e a saída de Parnamirim, falta concluir o lado esquerdo e direito das marginais. Já está em andamento, segundo o órgão federal, a margem esquerda próximo ao Rio Pitimbu, “com os serviços de pavimentação, drenagem e proteção vegetal. Vale salientarque no citado segmento existe ainda impedimento das concessionárias públicas, principalmente da Cosern”, diz o documento.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.