Ônibus Paraibanos

Operadores do transporte coletivo de João Pessoa terão aumento a partir de 1º de julho

Fonte: PB Agora

O acordo relativo à convenção coletiva 2012/2013 dos operadores do sistema de transporte coletivo de João Pessoa foi fechado no início da tarde desta quarta-feira (27), na sede da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-PB). A mesa redonda composta por representantes do Sindicato das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (Sintur-JP) e dos Motoristas Profissionais da Paraíba, foi mediada pelo auditor fiscal da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego (SRTE-PB), José Cursino. No final das negociações, ficou decidido que os motoristas terão um reajuste de 10,03%, enquanto que as demais funções que integram a categoria obreira receberão um aumento correspondente ao índice da inflação do período (4,8%), arredondado para 5%. Os valores do ticket alimentação também foram reajustados. As mudanças nos rendimentos vigoram a partir de 1º de julho, data base da categoria.



Com o aumento aprovado, o salário dos motoristas de ônibus da capital que era R$ 1.264,00 passa para R$ 1.390,00, enquanto que o valor do ticket alimentação sobe de R$ 278,00 para R$ 310,00, totalizando uma remuneração de R$ 1.700,00. O percentual de 10% sobre o salário nominal representa um ganho acima da inflação do período. Com esse reajuste, a remuneração dos motoristas da capital paraibana agora é a maior de todas as capitais do Nordeste, juntamente com a de Salvador.

“Essa foi a melhor negociação da categoria dos últimos 20 anos, pois além de garantirmos um percentual de reajuste nos salários e no ticket alimentação, ainda incluímos no nosso acordo, de forma inédita, um seguro de vida pago pela classe patronal e acordamos que, a partir de 2013 teremos ainda um Plano de Saúde”, destacou o presidente do Sindicato dos Motoristas Profissionais da Paraíba, Antônio de Pádua.

Além do reajuste nos salários, os operadores também terão assegurado, a título de ticket alimentação, mais 22% calculados sobre o salário básico já reajustado. Quanto especificamente aos cobradores, o salário passou dos atuais R$ 703,00 para R$ 738,00, que acrescido do valor do ticket alimentação de R$ 162,00 chega ao valor mensal de R$ 900,00. Além de motoristas e cobradores também estão incluídos no acordo os profissionais das empresas de ônibus que trabalham como fiscais, manobristas, despachantes e mecânicos.

O presidente do Sintur-JP, Alberto Pereira, afirmou que o aumento concedido pelas empresas vai exigir muito esforço da parte patronal. “O acordo celebrado contempla a categoria dos motoristas com um índice bem acima do INPC e também ficou acima do percentual de negociação de várias capitais do Nordeste, tanto que os nossos motoristas agora têm a maior remuneração da região. Fechamos o acordo no máximo que as empresas podiam negociar e suportar”, finalizou Alberto.

Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.