Programa Despoluir completa cinco anos com 50 mil veículos avaliados na PB, RN, PE e AL

Fonte: WSCOM Online
O Programa Ambiental do Transporte (Despoluir) chega a cinco anos de existência. A repercussão de seu aniversário, no entanto, vai muito além da celebração do compromisso de promover a melhoria da qualidade do ar através da redução da emissão de poluentes como CO2 no meio ambiente. Isto porque o programa, em 2012, também alcança a marca das 50 mil avaliações realizadas em ônibus, caminhões e outros veículos movidos a diesel da frota das empresas de transporte da Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas. Desse total, 10.955, ou seja, 21,9% das avaliações foram realizadas na Paraíba, sendo 9.291 em João Pessoa e 1.664 em Campina Grande. Saibam mais sobre o Programa Despoluir aqui!

Durante esse período, as duas cidades obtiveram altos índices de aprovação, de modo que, para o diretor executivo da Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC), Mário Tourinho, as empresas também comemoram a marca, visto que o programa também qualifica o serviço prestado e reconhece os esforços das empresas em melhorar os níveis de suas emissões.

Para se ter uma ideia da aprovação das empresas de transporte coletivo paraibanas, basta dizer que de 2007 a 2012, os índices de aprovação da frota paraibana chegou a 81%, assim como em João Pessoa que também repetiu o percentual de níveis de emissão dentro da normalidade. Cada avaliação dura em média dez minutos e nela os técnicos do Despoluir utilizam um opacímetro para analisar os índices de emissão de poluentes (CO2 e outros metais). Em função de sua técnica e regularidade de aferições, a avaliação do Despoluir, tem se tornado um parâmetro adotado para os programas de manutenção das frotas do transporte de passageiros em todo país.

É por esse e outros motivos que o diretor executivo AETC-JP, Mário Tourinho, lembra que a entidade apoia o programa e que os índices de aprovação das empresas de João Pessoa sempre figuram entre os melhores resultados, principalmente, no tocante à constante renovação da frota pessoense. “Temos uma frota com uma idade média de 3.6 anos. Isto com certeza é um grande influenciador dos resultados já que, somente nos últimos oito anos, mais de 300 novos ônibus foram incorporados à frota de João Pessoa”, disse Mário Tourinho. Vale destacar que em 2007 o nível de aprovação da frota da capital paraibana chegava a 64% e este cenário ficou bem diferente em 2010, quando a frota obteve 89% de aprovação e atingiu um dos melhores índices de aprovação entre os quatro estados nordestinos onde o programa funciona.

Só este ano, o Programa Despoluir já realizou mais de oito mil avaliações nos quatro estados. Na Paraíba, já foram feitos 1.443 aferições, sendo 1.172 em João Pessoa e mais 271 em Campina Grande. Toda a frota dos estados onde o programa atua – Paraíba, Rio Grande do Norte, Pernambuco e Alagoas – é vistoriada duas vezes ao ano. Mário Tourinho explica que quando técnicos do Despoluir encontram algum veículo fora do padrão, logo o veículo volta para a oficina para que sejam feitos os devidos reparos. Em toda a Paraíba, por mês, são feitas cerca de 275 aferições em ônibus urbanos, intermunicipais e rodoviários.

Sobre o Programa Despoluir –
O Programa Despoluir, lançado em julho de 2007 pela Confederação Nacional do Transporte (CNT) e coordenado pela Fetronor, atua ampliando e renovando as ações do antigo Programa EconomizAR. O programa tem o objetivo de promover a melhoria da qualidade do ar através da redução da emissão de poluentes como CO2 e particulados no meio ambiente, que contribuem também para o aquecimento global. Ao longo de todo o ano, veículos de mais de 100 empresas sediadas nos estados base da Fetronor (RN, PB, PE e AL), que participam ativamente do Programa, são vistoriados por técnicos ambientais devidamente treinados para o uso de novas tecnologias adotadas nas aferições dos níveis de emissão de gases e particulados.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.