Ônibus Paraibanos

Transporte público foi alvo de debates em duas esferas nesta terça em João Pessoa

Fonte: PB Agora

Falta de ônibus em determinados horários, veículos superlotados, transporte clandestino, altos valores e frota sucateada. Estas foram algumas das reclamações feitas durante uma audiência pública e uma sessão especial, realizadas nesta terça-feira (29), na sede do Ministério Público da Paraíba e na Câmara Municipal de Santa Rita, respectivamente, para ouvir a população usuária.


Em João Pessoa, a audiência publica transcorreu sobre a qualidade e a eficiência dos serviços de transportes públicos coletivos no município, dentro do projeto ‘Não Pare – Transporte’, do Planejamento Estratégico do MPPB.

O coordenador do Centro de Apoio Operacional do Consumidor (Caop do Consumidor), promotor Leonardo Pereira de Assis, gerente do projeto, destacou que o objetivo foi recolher as reclamações da população para agir efetivamente. “A partir desses dados vamos expedir recomendações aos órgãos no caso das reivindicações legais e, se não forem atendidas, vamos buscar o Judiciário e as aplicações de penalidades”, disse.
Participaram da audiência os promotores do Consumidor de João Pessoa, Glauberto Bezerra e Raniere Dantas, representantes de associações de bairros, estudantis e profissionais, cidadãos, e representantes da Superintendência de Mobilidade Urbana (Semob), do Departamento de Estradas e Rodagens (DER), Simone Furtado Rabelo, e da Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa, Mário Tourinho, e o vereador Geraldo Amorim.
Em Santa Rita, a sessão especial requerida pelos vereadores da Casa de Antonio Teixeira debateu sobre os valores cobrados nas passagens de ônibus e o sucateamento da frota, a nível intermunicipal.
A Engª Civil Nilza Maria Magalhães esteve presente na sessão, em substituição ao Diretor Superintendente do DER-PB, Carlos Pereira de Carvalho. Outros participantes do debate foram os representantes das ONG’s existentes em Santa Rita e autoridades locais que fizeram uso da tribuna da Casa para encontrar soluções para os problemas apresentados.

Ação do MP – O promotor Glauberto Bezerra destacou que o Ministério Público da Paraíba trabalha com planejamento estratégico para que ações tenham mais eficácia, eficiência e efetividade. “Vamos fazer uma radiografia, detectar os problemas e, juntos com todos os órgãos, solucionar”, disse. Já o promotor Raniere Dantas ressaltou que o MP vai buscar solucionar os problemas apontados pela população.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.