Ônibus Paraibanos

Vereador campinense testa a eficiência dos coletivos de Campina

Fonte: Paraíba Bus
Matéria / Texto: Vereador Olímpio Oliveira

Na manhã da última segunda-feira, 30 de abril, o vereador campinense Olímpio Oliveira fez uma verificação a respeito dos transportes coletivos de nossa cidade. Segundo a publicação no perfil do vereador no facebook. Para este teste, foi escolhido o trajeto entre o bairro do José Pinheiro a UFCG, uma das principais universidades da cidade, e o resultado não foi dos melhores.

“O resultado não poderia ser pior, pois embarquei no primeiro ônibus, prefixo nº 0110, da Empresa Cabral, na Rua Campos Sales, às 10h35, cheguei ao Terminal de Integração de Passageiros, às 10h51. Essa parte do trajeto teria sido perfeita, não fosse um detalhe: A Cabral continua fazendo o motorista acumular a função de cobrador.” – Destaca Olímpio sobre o primeiro trajeto realizado.

“Chegando ao Terminal de Passageiros, desembarquei e sem espera ingressei no ônibus, prefixo 0045, da Empresa Nacional, induzido que fui pela placa de sinalização da STTP, a qual mostrava o itinerário da Linha 263 B, na seguinte ordem: “Prata, UFCG, Chico Mendes, St. Bárbara”. Pensei: – Estou na Prata, logo, a próxima parada será na UFCG. Ledo engano, o BUSÃO seguiu o caminho inverso, ou seja, Santa Bárbara, Chico Mendes, UFCG e Prata.”

O fato é que, um trajeto que deveria ter sido realizado em menos de uma hora, foi cumprido em uma hora e dezesseis minutos. E revelou a completa ineficiência do sistema e a falta de qualidade do mesmo. Desde a dupla função, que é utilizada por 3, das 6 empresas atuantes em Campina, até a falta de informações corretas sobre os destinos das linhas.
Compartilhe esta matéria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.