Ônibus Paraibanos

Assessoria da Viação Rio Tinto refuta em nota denúncia de usuário que foi impedido de viajar pela empresa

Fonte: ExpressoPB
A Assessoria de Imprensa da Empresa Viação Rio Tinto refutou a matéria* do Expresso PB em que trouxe a denúncia de um usúario que teria sido impedido de usar o ônibus no trecho entre Mari e Sapé. Em nota a imprensa emitida nesta quarta-feira (02), a empresa  negou tal atitude e esclareceu outras denúncias feitas contra a empresa pelos meios de comunicação do Brejo. Confira a nota de esclarecimento da Rio Tinto aqui na íntegra!!!

NOTA DE ESCLARECIMENTO
A empresa Viação Rio Tinto Ltda. vem de publico esclarecer o fato ocorrido na ultima Terça-feira 01/05/2012. O ocorrido nas proximidades do terminal rodoviário da cidade de Marí-PB onde o Sr. André Antonio da Silva foi impedido de utilizar o serviço de transporte intermunicipal onde a viação Rio Tinto tem a concessão do DER devido a falta de credenciamento do mesmo, pois o mesmo presta serviço a empresa Jonas Turismo na qual presta serviço a Empresa Transnorte.
Segundo as leis que regem o livre acesso aos funcionários de empresa de transporte público com a apresentação do credenciamento de seus funcionários no Sindicato de Transporte SETRANS, constando que a empresa citada acima no qual o Sr. André é funcionário não e credenciada junto a SETRANS.
Ao mesmo tempo que o mesmo foi orientado pelos nossos funcionários a não possibilidade de utilização dos nossos serviços no gozo dessas condições, e ao mesmo tempo o mesmo em um ato de simples necessidade de criar mídia resolveu em um ato inapropriado a seguir viagem descumprindo assim o regimento no qual todas as empresas de transportes públicos atuam sobre o mesmo.
ASSINA:
Empresa Viação Rio Tinto Ltda.
Av. Liberdade, 3096, Bayeux – PB
Telefone: (83) 3232-1941
Email: [email protected]
Outro Caso – Quanto a denuncia acerca da prática dos valores de passagens  entre Belém e Distrito de Roma o questionamento deve ser feito ao DER-PB pois o mesmo realiza os secionamentos dos trechos onde atualmente não existe, e não é discernimento da empresa realizar tal secionamento.
A empresa pede desculpas pelos ocorridos e simplesmente lamenta a atitude do Sr. André em um ato de puro sensacionalismo ter realizado tanta mídia num eventual descumprimento dos regulamentos de praxe do SETRANS-PB.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.