Ônibus Paraibanos

STTP vai disponibilizar serviços do Cartão “Vale Mais” nos TI de Campina Grande

Fonte: Prefeitura de Campina Grande
Visando evitar os tumultos e estresses enfrentados em dias de pico nas dependências do SITRANS, e melhorar o atendimento aos usuários do transporte coletivo de Campina Grande, a Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), estará disponibilizando, no prazo de 60 dias, um novo espaço destinado a cargas e recargas dos cartões “Vale Mais” usado nos transportes coletivos de Campina. Saibam mais!

O novo espaço, que irá comportar os serviços, ficará nos dois Terminais de Integração, localizados as margens do açude novo. No novo local, a STTP irá oferecer a sociedade campinense uma maior praticidade na hora de carregar e recarregar os cartões usados por grande parte da população na hora de fazer uso dos transportes coletivos.
A idéia foi pensada visando uma maior organização do serviço, melhorando a mobilidade e facilitando o acesso do usuário que não precisará mais se deslocar até a sede do SITRANS, visto que os Terminais de Integração são locais onde todos embarcam e desembarcam diariamente, e que com a nova mudança os serviços oferecidos pelo SITRANS também serão realizados de domingo a domingo.
Segundo o superintendente da STTP, Salomão Augusto, está sendo montada uma grande estrutura com sistemas de monitoramento, cabines e guichês, a exemplos das que existem atualmente no SITRANS, bastante estruturados e com vidros a prova de bala. Além disso, também será disponibilizado um esquema de policiamento que diariamente irá trabalhar para garantir a segurança da população.
“Estamos transformando o cenário dos Terminais para melhor servir o usuário do transporte coletivo, para que eles não precisem se deslocar até o centro para carregarem ou recarregarem seus cartões. Mais uma vez, a Superintendência está trabalhando em prol das melhorias para o cidadão de Campina Grande e novos trabalhos que estão em fase de estudo terão suas viabilidades confirmadas e serão postas em prática”, afirmou Salomão Augusto.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.