Editorial: sobre o problema de plágio realizado de uma postagem nossa por terceiros

Fonte: Portal OnibusParaibanos.com
Matéria / Texto: Paulo Rafael Viana
Aviso: essa postagem é um editorial (opinião pessoal do OnibusParaibanos.com em relação a determinado assunto), e não tem relação direta com ônibus e o hobbie da busologia. É apenas uma forma de expressar uma opinião sobre um fato que ocorreu. A quem desejar, pode continuar lendo. -> Ontem (31) postamos em primeira mão aqui no OnibusParaibanos.com uma novidade surpreendente na grande João Pessoa: a PB Rio assume, por enquanto, a linha urbana de Bayeux (Mário Andreazza / Ponte) no lugar da TPU.
Exatamente seis (6) minutos depois de termos postado, o Portal Bayeux em Foco postou uma matéria sobre o assunto com um texto bem familiar. Claramente foi notado por mim, que fui o autor da postagem sobre essa mudança entre TPU e PB Rio e que pode ser vista clicando aqui, que a matéria tinha sido plagiada. Não só eu percebi, como outras pessoas (sim, no plural, mais de uma pessoa) perceberam o erro do Bayeux em Foco em não ter citado a autoria original.
A título de informação, para quem não sabe o significado de duas palavras. Entendam a diferença:
– Cópia: ato ou efeito de copiar, significa fazer algo, transcrever, exatamente como está em outro local. Resumindo, uma xerox;
– Plágio: ato ou efeito de plagiar, significa imitar algo, transcrever algumas partes e modificar, sendo claramente perceptível a semelhança com o original. Muito comum em músicas de acontecer o plágio. Resumindo, plágio é uma edição de algo já existente sem citar a autoria real.
(Esses significados podem ser vistos e entendidos em locais como a Wikipédia, dicionários online na internet, e através de um dicionário impresso, a exemplo do Aurélio, o mais conhecido)
Tirem suas próprias conclusões, lendo a:
nossa matéria original (clique aqui) e matéria reproduzida no Bayeux em Foco (clique aqui)
Caso queira e prefira, aqui está uma reprodução virtual da página do Bayeux em Foco que mostra a matéria. A reprodução foi feita às 22:07 horas de hoje, 1 de Fevereiro:
O péssimo significado e efeito do plágio é automaticamente anulado quando é citado a autoria da propriedade intelectual, seja uma música, filme, texto, etc. Todos podem copiar integralmente ou parcialmente um texto: se copiado integralmente (tudo) sem citar a fonte de autoria original, isso é cópia, mas se copiado parcialmente sem citar a fonte de autoria orignal, aí caracteriza-se o plágio.
Depois que várias pessoas perceberam e avisaram do erro, no dia seguinte do ocorrido o Bayeux em Foco decidiu corrigir o seu erro na creditagem da matéria. Inclusive, até um rapaz que tem uma coluna dentro do próprio Portal Bayeux em Foco, os alertou do tal plágio. Aproveitamos a oportunidade para agradecer William Santos pelo toque. E felizmente, o Bayeux em Foco anulou qualquer título de plágio, pois editou a matéria e nos citou no final da matéria. Outros sites, a exemplo do Fortalbus, tinha postado a matéria nossa que estava no Bayeux em Foco sem os devidos créditos no momento, e não nos citou na autoria real. Nesse caso, o Fortalbus e outros que postaram não tiveram culpa, já que de onde pegaram não estava com a fonte real. Depois de avisado por mim mesmo, o Fortalbus verificou e corrigiu o erro sem nenhum problema. A matéria reproduzida no Fortalbus com os devidos créditos corrigidos pode ser vista clicando aqui.
Agradecemos ao Bayeux em Foco pela correção, e também agradecemos a todos os outros sites que usaram a matéria através do Bayeux em Foco e corrigiram também o erro.
Novamente ressaltamos que, o que importa e estamos (a equipe do OnibusParaibanos no geral) fazendo questão é dos créditos do autor original da matéria. A questão não é que queiramos tudo apenas para nós, jamais é isso! Nossas matérias podem ser usadas por qualquer pessoa na internet através de blogs, sites, fotologs, e qualquer outro tipo de página da internet, desde que sejam citados os créditos. Os créditos podem ser citados com um link de redirecionamento para nosso site, ou simplesmente com o nome do Portal OnibusParaibanos e/ou o nome do editor que fez a matéria, em algum local onde for reproduzido, seja no começo ou final da matéria.
O único erro que permanece é do Bayeux em Foco chamar a matéria de “Exclusivo”, pois não é exclusivo nem foi em primeira mão. Mas não é esse o nosso foco no problema, o nosso problema já foi resolvido. Foi só uma informação de curiosidade.
Novamente nosso muito obrigado pela correção, e nossas desculpas aos nossos visitantes por tão comprido editorial 🙂
Esperamos não ter que fazer outro novamente, mas não depende de nós; basta não acontecer outro caso desse, pois isso é coisa séria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.
Os primeiros Jum Buss 360 da Gontijo Repasses de Busscar da UTIL para a Brisa Ideale 1440 da Paraíba Turismo Paradiso DD da Itabus Ideale da VIX Logística Paradiso DD da Fabbitur Paradiso DD da Martinele Transportes Ideale da Tursan Turismo Comil Svelto da Viper Transportes Cidades com Tarifa Zero