Ônibus Paraibanos

Editorial: sobre o problema de plágio realizado de uma postagem nossa por terceiros

Fonte: Portal OnibusParaibanos.com
Matéria / Texto: Paulo Rafael Viana
Aviso: essa postagem é um editorial (opinião pessoal do OnibusParaibanos.com em relação a determinado assunto), e não tem relação direta com ônibus e o hobbie da busologia. É apenas uma forma de expressar uma opinião sobre um fato que ocorreu. A quem desejar, pode continuar lendo. -> Ontem (31) postamos em primeira mão aqui no OnibusParaibanos.com uma novidade surpreendente na grande João Pessoa: a PB Rio assume, por enquanto, a linha urbana de Bayeux (Mário Andreazza / Ponte) no lugar da TPU.
Exatamente seis (6) minutos depois de termos postado, o Portal Bayeux em Foco postou uma matéria sobre o assunto com um texto bem familiar. Claramente foi notado por mim, que fui o autor da postagem sobre essa mudança entre TPU e PB Rio e que pode ser vista clicando aqui, que a matéria tinha sido plagiada. Não só eu percebi, como outras pessoas (sim, no plural, mais de uma pessoa) perceberam o erro do Bayeux em Foco em não ter citado a autoria original.
A título de informação, para quem não sabe o significado de duas palavras. Entendam a diferença:
– Cópia: ato ou efeito de copiar, significa fazer algo, transcrever, exatamente como está em outro local. Resumindo, uma xerox;
– Plágio: ato ou efeito de plagiar, significa imitar algo, transcrever algumas partes e modificar, sendo claramente perceptível a semelhança com o original. Muito comum em músicas de acontecer o plágio. Resumindo, plágio é uma edição de algo já existente sem citar a autoria real.
(Esses significados podem ser vistos e entendidos em locais como a Wikipédia, dicionários online na internet, e através de um dicionário impresso, a exemplo do Aurélio, o mais conhecido)
Tirem suas próprias conclusões, lendo a:
nossa matéria original (clique aqui) e matéria reproduzida no Bayeux em Foco (clique aqui)
Caso queira e prefira, aqui está uma reprodução virtual da página do Bayeux em Foco que mostra a matéria. A reprodução foi feita às 22:07 horas de hoje, 1 de Fevereiro:
O péssimo significado e efeito do plágio é automaticamente anulado quando é citado a autoria da propriedade intelectual, seja uma música, filme, texto, etc. Todos podem copiar integralmente ou parcialmente um texto: se copiado integralmente (tudo) sem citar a fonte de autoria original, isso é cópia, mas se copiado parcialmente sem citar a fonte de autoria orignal, aí caracteriza-se o plágio.
Depois que várias pessoas perceberam e avisaram do erro, no dia seguinte do ocorrido o Bayeux em Foco decidiu corrigir o seu erro na creditagem da matéria. Inclusive, até um rapaz que tem uma coluna dentro do próprio Portal Bayeux em Foco, os alertou do tal plágio. Aproveitamos a oportunidade para agradecer William Santos pelo toque. E felizmente, o Bayeux em Foco anulou qualquer título de plágio, pois editou a matéria e nos citou no final da matéria. Outros sites, a exemplo do Fortalbus, tinha postado a matéria nossa que estava no Bayeux em Foco sem os devidos créditos no momento, e não nos citou na autoria real. Nesse caso, o Fortalbus e outros que postaram não tiveram culpa, já que de onde pegaram não estava com a fonte real. Depois de avisado por mim mesmo, o Fortalbus verificou e corrigiu o erro sem nenhum problema. A matéria reproduzida no Fortalbus com os devidos créditos corrigidos pode ser vista clicando aqui.
Agradecemos ao Bayeux em Foco pela correção, e também agradecemos a todos os outros sites que usaram a matéria através do Bayeux em Foco e corrigiram também o erro.
Novamente ressaltamos que, o que importa e estamos (a equipe do OnibusParaibanos no geral) fazendo questão é dos créditos do autor original da matéria. A questão não é que queiramos tudo apenas para nós, jamais é isso! Nossas matérias podem ser usadas por qualquer pessoa na internet através de blogs, sites, fotologs, e qualquer outro tipo de página da internet, desde que sejam citados os créditos. Os créditos podem ser citados com um link de redirecionamento para nosso site, ou simplesmente com o nome do Portal OnibusParaibanos e/ou o nome do editor que fez a matéria, em algum local onde for reproduzido, seja no começo ou final da matéria.
O único erro que permanece é do Bayeux em Foco chamar a matéria de “Exclusivo”, pois não é exclusivo nem foi em primeira mão. Mas não é esse o nosso foco no problema, o nosso problema já foi resolvido. Foi só uma informação de curiosidade.
Novamente nosso muito obrigado pela correção, e nossas desculpas aos nossos visitantes por tão comprido editorial 🙂
Esperamos não ter que fazer outro novamente, mas não depende de nós; basta não acontecer outro caso desse, pois isso é coisa séria.
Compartilhe esta matéria
ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.