Ônibus Paraibanos

Conheça uma boa galeria de fotos e seu autor: Walky Martins Nascimento

Matéria por JC Barboza e Paulo Rafael Viana
, com colaboração de Walky Martins Nascimento
Aproximadamente há 120 KM da capital paraibana, está localizada Tacima, pertencente ao município de Campo de Santana. Por lá, mora Walky Martins Nascimento, porém nascido em Natal/RN, que tem 45 anos de idade e trabalha como comerciante autônomo. Nessa matéria apresentamos a galeria do Walky Martins, amigo do Portal OnibusParaibanos.com e da PBT – Paraíba Bus Team ®; na foto ao lado, um CAIO Vitória que tem de tudo pra ter pertencido à Empresa Róger, que antes da Reunidas, era quem operava as linhas de Cabedelo. Vejam aqui com exclusividade detalhes da galeria dele e seus incríveis registros pelo interior da Paraíba e Rio Grande do Norte!

Conheçam um pouco da história de vida do Walky Martins contada por ele mesmo:
– Qual sua ligação com ônibus? Como começou a gostar?
“Meu pai era militar da Marinha Brasileira, e desde que eu era criança que viajo de ônibus por esse Brasil. Morei duas vezes no Rio de Janeiro/RJ, uma em Belém/PA, três em Recife/PE, uma em João Pessoa/PB e duas vezes em Natal/RN. Depois que casei, viajo com minha família para vários lugares, porém atualmente mais pelo nordeste. Então fui gostando de viajar e criei uma paixão grande por ônibus.”
Marcopolo Ideale 770 da Expresso Paraibano, em Campo de Santana/PB
Ele ainda conta mais…
“Como meu pai é de Recife/PE, todas as férias dele era por lá. Só pra imaginar, eu morei 4 anos em Belém/PA, e de 1979 a 1982 fizemos 8 viagens no trecho Belém/PA X Recife/PE na empresa Boa Esperança que é minha paixão. Eu já conhecia os motoristas dela e cheguei a almoçar 2 vezes na mesa dos motoristas a convite deles.”
A galeria de Walky Martins é repleta de grandes raridades, todos registrados por ele. Entre modelos urbanos e rodoviários, além de sucatas de ônibus que um dia já rodaram por estradas brasileiras. Um curioso registro é o que vemos ao lado, de um San Remo I da Marcopolo com chassi OF-1113 da Mercedes-Benz transformado em um caminhão.
“No Rio de Janeiro/RJ, de 1976 a 1978, fizemos 4 viagens Rio de Janeiro/RJ X Recife/PE na Viação Itapemirim. Quando moramos em Natal, João Pessoa e Recife, todo final de semana tinha viagem de ônibus. Em Natal era a empresa Nápoles, e João Pessoa era Gaivota, Bonfim e Bela Vista.”
Ciferal Padron Alvorada com chassi OF-1318 da Mercedes-Benz. Segundo Philippe Figueiredo, que acompanhou de perto a Róger quando operava em Cabedelo, essa carro tem um chance altíssima de ter sido o 5108 da Róger. Atualmente como particular, teve o layout da pintura mantido, tendo apenas o nome e prefixo antigos retirados
Walky ainda relatou que, ao ler a matéria sobre a Rodoviária Velha de João Pessoa produzida e divulgada aqui no Portal OnibusParaibanos através desse link, se emocionou lembrando do passado: “Quando vi as fotos da rodoviária velha no seu portal, fiquei emocionado me lembrando do meu pai comprando a passagem e chamando a gente pra entrar no ônibus. Ele gostava mais da Bonfim, mas dependendo do horário viajávamos de Gaivota e Bela Vista (que era a preferida da minha mãe).”
Walky Martins mantém uma galeria no OnibusBrasil.com com fotos de ônibus de sua autoria. Nos registros incríveis, ele traz desde São Geraldo até várias carcaças da empresa Riograndense, além de modelos como o clássico Flecha de Prata da Ciferal (ao lado) até CAIO Amélia e Carolina, dentre muitos outros modelos sensacionais. Não deixem de conhecer a galeria dele, além de acompanhar sempre suas atualizações. Com certeza se você leitor gosta de ônibus clássicos pelo interior, essa galeria deve estar inclusive nos favoritos do seu navegador, nós recomendamos!
Link da galeria do Walky:

3 comentários em “Conheça uma boa galeria de fotos e seu autor: Walky Martins Nascimento”

  1. Os registros de Walky são diferenciados, pois está entre um diminuto grupo que valoriza de verdade carros antigos, independente de estarem conservados, velhos ou até sucateados. Sei das dificuldades principalmente para se conseguir permissão para registrar em alguns desmanches e carros particulares, pois quando se quer uma boa foto não há como fazê-la sem sermos percebidos. Por esta razão reconheço a importância de sua contribuição já que o mesmo possui inúmeras fotos de carros antigos raros e sucatas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ATENÇÃO: Este conteúdo é protegido.