Renovação de frota da capital para 2011 já foi cumprida e meta ultrapassada

Por PB Agora
O TAC previa 50 novos ônibus e as empresas colocaram em circulação, até outubro, 62 novos ônibus. Frota da capital tem apenas 3,6 anos, enquanto a média nacional é de 5,5 anos. Um levantamento feito pela Associação das Empresas de Transportes Coletivos Urbanos de João Pessoa (AETC-JP) revela que as empresas já colocaram em circulação 62 novos ônibus este ano, superando o acordo firmado com a Prefeitura que era de 50 novos veículos em 2011. Outros dados da AETC-JP também mostram que de 2008 a 2011 as empresas além de cumprirem a orientação de renovar 10% da frota anualmente, estão superando a meta proposta, chegando a renovar 14% da frota ao ano.

Como resultado, nos últimos três anos cerca de 50% da frota de ônibus de João Pessoa foi renovada, baixando a idade média para apenas 3,6 anos, enquanto a média nacional fica em torno de 5,5 anos. Para o diretor executivo da AETC, Mário Tourinho, os bons índices se devem ao esforço constante das empresas em investir na aquisição de novos veículos para oferecer um serviço cada vez mais eficiente e de qualidade ao usuário.
O resultado desses investimentos em renovação da frota tem levado a cidade de João Pessoa a contar com uma das frotas mais novas do Nordeste. “Em João Pessoa temos uma média de idade dos veículos de 3,6 anos graças, não apenas ao cumprimento do acordo, mas também à iniciativa dos empresários em superar esse TAC e avançar ainda mais na qualidade do sistema de transporte coletivo da Capital paraibana”, explica Mário. “Em 2011 nos comprometemos em colocar em circulação mais 50 ônibus novos e cumprimos muito mais do que acordamos”, afirma Mário.

Segundo levantamento da AETC, a Transnacional comprou 23 novos ônibus; a Reunidas 21; a São Jorge renovou a frota com 09 veículos; a Santa Maria com 05; e a Mandacaruense com 04 ônibus. Além disso, as empresas Mandacaruense e Marcos da Silva também incorporam às suas frotas, 04 veículos semi-novos cada uma. Todos os veículos zero km são eficientes, ou seja, adaptados com plataformas elevatórias, que facilitam o acesso dos portadores de necessidades especiais ao transporte público da cidade.

Atualmente, o sistema de transporte pessoense conta com uma frota de 517 ônibus, cujos veículos estão distribuídos em 86 linhas que trafegam pelos bairros da Capital. No total, o sistema de transporte público de João Pessoa possui 60 linhas radiais, 20 circulares e seis são destinadas exclusivamente à integração dos passageiros nos bairros. Para atender a demanda e a dinâmica de funcionamento do sistema, parte da frota, exatamente 158 veículos, são ônibus eficientes.

A renovação anual de 10% da frota é um acordo firmado entre a Prefeitura e as seis empresas que atuam na Capital, através de um termo de Ajustamento de Conduta (TAC). Mário Tourinho lembra, no entanto, que independente do acordo, as empresas renovam suas frotas para que o usuário se sinta cada vez mais confortável em utilizar o serviço. “O TAC não apenas é cumprido, mas também tem sido superado em 2008, 2009, 2010 e agora em 2011. Tudo isso é feito pensando no usuário e não, simplesmente, em atender a um acordo”, salienta Mário Tourinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.