População nas ruas contra o aumento tarifário – 4º dia

E mais manifestação contra o aumento das tarifas de ônibus de João Pessoa tomou parte do centro da capital. Dessa vez com uma surpresa: segundo boatos, as empresas teriam forçado cobradores e motoristas a comparecerem na manifestação para tumultuar contra o protesto anti-aumento.

Aglomeração no início da manifestação

Marcado para começar às 15:00 na Praça Pedro Américo, lá já estavam cerca de 200 funcionários das empresas e alguns estudantes. Os estudantes decidiram começar, e começou já um empurra-empurra para evitar que a manifestação anti-aumento ganhasse voz, mas não adiantou. Os estudantes tomaram a escadaria no Paço Municipal e alertaram a população que passava no local sobre o que estava acontecendo.

Logo após troca de acusações entre ambas as partes (empresas vs. estudantes), teve uma pequena pancadaria, e houveram pessoas de ambos os lados jogando garrafas de água pra lá e pra cá, mas não demorou e muito e representantes dos dois lados compareceram na delegacia próxima, e segundo foi dito, foi dada a ordem pelo coronel na qual as empresas e sindicato, juntamente com os funcionários teriam 15 minutos para abandonar o local e deixar a manifestação anti-aumento correr normalmente como nos outros dias.

Primeira briga entre ambas as partes

A ordem não parece ter sido seguida, mas mesmo assim os estudantes e trabalhadores decidiram seguir normalmente, até que foram para o meio da rua, e os fardados vieram tentar impedir… e então, pancadaria feita. Cerca de 7 minutos após o começo da pancadaria, o Choque da Polícia Militar chegou em viaturas, separando as brigas com spray de pimenta, e, para ajudar a dispersar, dispararam tiro de bala de borracha para cima:

Empurra-empurra e pancadaria

Manifestantes subindo em direção ao Ponto dos Cem Réis

População aglomerada no Túnel Damásio Franca

Foram poucos os registros que fiz, porque teve muito tumulto e não estava tão seguro de ficar com a câmera de forma aberta. A manifestação teve início na Praça Pedro Américo, saindo da praça em diração ao Ponto dos Cem Réis, onde no meio houve a pancadaria citada acima. Chegando no Ponto dos Cem Réis, algumas emissoras de TV finalmente decidiram dar as caras por lá, e fizeram entrevista e filmagens com os manifestantes:

Quem se destacou no Ponto dos Cem Réis, foi essa senhora na foto abaixo, que ficava dançando e apitando segurando o cartaz contra o aumento. Despertou a atenção de quem passava no local, como esse rapaz que ficou dançando junto com ela:

O próximo ato será nesse dia 18 de Janeiro, que haverá também uma reunião com o Prefeito Luciano Agra, para discutir e decidir sobre o congelamento da tarifa de ônibus para R$ 1,90.
Até a próxima postagem, amigos visitantes, obrigado pela sua visita, até mais!
contato? dica? sugestão? crítica? Clique aqui e veja como nos contatar.
________________________________

Participem da comunidade no Orkut que leva a busologia paraibana em primeiro lugar
CLIQUE AQUI E PARTICIPE JÁ!

One Reply to “População nas ruas contra o aumento tarifário – 4º dia”

  1. Thiago Pessoa disse:

    Eita que esse 4º dia pegou fogo heim…
    Bela cobertura Paulo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.