Raridades na ativa na Grande João Pessoa

Saudações visitantes, bem-vindos como sempre 🙂
Dessa vez, decidi trazer para vocês algumas fotos, mas não fotos de qualquer ônibus novinho, e sim fotos de verdadeiras relíquias mais velhas que muitos de nós, que ainda estão na ativa, alguns estão tão conservados que parecem ter saído de fábrica.
A frota da cidade de João Pessoa é, consideravelmente, muito jovem, com uma média  de idade menor que 5 anos, em acordo entre a Prefeitura e as empresas de ônibus. Todo ano temos novos ônibus chegando, com entregas oficiais, inaugurações, etc, mas isso resume-se a apenas João Pessoa, pois cidades pertencentes à Grande João Pessoa, como Bayeux, Santa Rita e Alhandra possuem uma frota bem antiga.
Enquanto em João Pessoa nos deparamos com o modelo Torino, da encarroçadora Marcopolo, na sua “sétima” geração (desde que se tome o Torino 1983 como sendo da quarta geração, sendo San Remo um dos precursores), o Torino G7:

Torino G7 da Trans. Nacional / Foto: Paulo Rafael Viana

Nos deparamos com Torino na sua quarta geração evoluída, o Torino LN, funcionando perfeitamente em Bayeux:

MBB Torino LN de 1991 / Foto: Paulo Rafael Viana

E também as gerações sucessoras do LN, só não possuem o Torino G7:

MBB OF-1620 Torino GV de 1997 / Foto: Paulo Rafael Viana

Torino GVI (G6) da Rodoviária Santa Rita de 2000 / Foto: Paulo Rafael Viana

Já com a encarroçadora Caio, em João Pessoa tem Apache Vip I, Apache Vip II, enquanto em Bayeux possui Alpha, Vitoria, possuindo inclusive o Vitoria encarroçado no raríssimo chassi Ford B-1618, dos tempos que a Ford montava ônibus, deixando de lado e ficando mais na área de caminhões:

Caio Alpha, 1997 / Foto: Paulo Rafael Viana

Caio Vitoria, de 1992 / Foto: Paulo Rafael Viana

Caio Vitoria com chassi Ford B-1618, de 1993 / Foto: José Marcos Cabral Filho (Roadbus / ÔnibusBrasil)

Mas com Comil, intermunicipais e João Pessoa estão consideravelmente empatados, mas intermunicipais vencendo por possuiu a duas gerações anteriores do Svelto. Em João Pessoa, temos apenas dois Comil Svelto NS e dois exemplares do micro da Comil, o Bello. Enquanto em Bayeux possui tanto o Svelto NS como o Bello, ainda possui Svelto I (II), e Svelto FD. Mas, infelizmente, nem João Pessoa nem nas cidades vizinhas possui o Svelto IV (V / 2008):

VW 8.150 Comil Bello de 2001 / Foto: José Marcos Cabral Filho (Roadbus / ÔnibusBrasil)

Comil Bello do antigo sistema opcional de Bayeux, ano de 2002 / Foto: José Marcos Cabral Filho (Roadbus / ÔnibusBrasil)

Comil Svelto NS de 2004, na empresa são 0961 e 0962 / Foto: Paulo Rafael Viana

Comil Svelto I (II) de 1995 / Foto: Paulo Rafael Viana

Svelto FD de 1998 / Foto: Paulo Rafael Viana
Svelto NS único na Almeida, ano de 2003 / Foto: José Marcos Cabral Filho (Roadbus / ÔnibusBrasil)

E já ia esquecendo da Ciferal; hoje a Ciferal é como uma filial da Marcopolo, fabricando modelos da Marcopolo. Mas na Grande João Pessoa possui um único Ciferal GLS Bus, carro 5601 da Almeida:

Ciferal GLS de 1997 / Foto: Paulo Rafael Viana

E possui Citmax, algo mais atual em comparação com as relíquias existentes:

5022 e 5024, os dois Citmax da Santa Rita, ano 2000 e 2004 respectivamente / Foto: Kristofer Oliveira (Kristofer Oliveira / ÔnibusBrasil)

Todo busólogo que gosta de fotografar, certamente quando vem em João Pessoa, não perde a oportunidade de fotografar essas relíquias ativas. Sem falar no Caio Gabriela, Amélia, que a TPU possui transportando internamente em Bayeux.
Até a próxima postagem, amigos visitantes, obrigado pela sua visita, até mais!
contato? dica? sugestão? crítica? Clique aqui e veja como nos contatar.
________________________________

Participem da comunidade no Orkut que leva a busologia paraibana em primeiro lugar
CLIQUE AQUI E PARTICIPE JÁ!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.