1997: Wilson adquire um Caio Alpha

Começando a postagem… achei em um jornal uma notícia de quando a empresa Wilson adquiriu um novo ônibus modelo Caio Alpha, chassi Mercedes-Benz OF-1620.
Vamos ao texto:

__________________________
RENOVAÇÃO
Wilson e Almeida ampliam frota com três novos ônibus
    A renovação constante da frota é uma preocupação permanente das empresas de transporte de passageiros da Paraíba. Seguindo esta diretriz, várias empresas desenvolvem um cronograma de aquisição de novos veículos, buscando assegurar a qualidade e segurança no serviço prestado.
    Dentro deste contexto cite-se o exemplo mais recente: As Empresas Wilson e Almeida. Elas colocaram, nesta semana, em circulação três novos e modernos ônibus, ampliando sua frota, a serviço da população do município de Bayeux.
    Os novos ônibus já estão circulando trazendo a novidade de um novo visual no padrão da pintura dos veículos que também se caracterizam pela modernidade de seu padrão: chassis Mercedes-Benz OF-1620, carroceria CAIO com maior capacidade de passageiros. Com essa nova aquisição, as empresas Wilson e Almeida comprovam o compromisso de melhor servir aos seus usuários do município.
    “O esforço dessas empresas na ampliação e renovação de sua frota demonstra a preocupação do setor em melhor atender aos seus usuários”. A consideração é do Diretor da Empresa Viação Wilson, Adalberon Wilson.
Para ele “o usuário tem o direito a um serviço de qualidade e isso somente se consegue com a renovação da frota”. “Nosso esforço tem esse objetivo e assegura a eficiência do transporte regular”, enfatiza Adalberon.
    Segundo Adalberon, novos investimentos já estão assegurados no planejamento dessas empresas. “Já estamos em negociação para a aquisição de mais de três novos ônibus que estarão circulando no segundo semestre”, informa ele.
    Os novos veículos que estão circulando e os que serão adquiridos no segundo semestre aumentam a frota e beneficiam, diretamente, a população usuária das localidades de Tambaí, Imaculada, Mário Andreazza, Aeroporto, Sesi e adjacências. Constituem um reforço ao transporte regular de passageiros.
 __________________________
Aqui vocês conferem a foto de quando ele foi entregue, ainda sem placa na hora da foto…
Carro 5513 da Wilson em 1997
E agora, vocês conferem a foto do mesmo carro, mas no ano que estamos: 2010. Ainda está em pleno funcionamento, fazendo nós busólogos paraibanos felizes por ver essas relíquias por aqui, mas torcendo que cheguem mais novos para melhor serviço prestado à população de Bayeux.
Carro 5513 da Wilson em Agosto de 2010
Abraços;
obrigado a todos pelas visitas e comentários deixados. Voltem sempre.
Até o próximo post.
.
.
Crédito da foto de 1997:
Acervo

Crédito da foto de Agosto de 2010:
Paulo Rafael Viana

3 Replies to “1997: Wilson adquire um Caio Alpha”

  1. Josivandro disse:

    Engraçado que a Almeida não possui Alpha, talvez o carro dela comprado nesse ano tenha sido o 5601, Ciferal GLS Bus.

    As únicas mudanças que o carro teve foram na inversão da posição do posto do cobrador (passando da traseira pra dianteira) e nas vistas: foram todas trocadas e os retrovisores foram pintados de branco. No mais, o carro está todo original, do mesmo jeito.

  2. Ori Fonseca disse:

    Mandei este email para a Prefeitura de Bayeux e vou espalhar para onde eu puder:

    Eu sou funcionário da Infraero e, como muitos que trabalham no aeroporto, necessito de tranaporte público par chegar e sair do meu trabalho. Entretanto as empresas que pretam esse serviço (Wison e Almeida) desrespeitam flagrantemente os usuários da única linha que serve o aeroporto. Em média, a pessoa leva em torno de uma hora para que um ônibus apareça. Além de quê, os veículos são velhos, sujos e desconfortáveis. Já fiz diversas reclamações, principalmente para a empresa Wilson, mas de nada adianta. O pensamento dos gestores dessas empresas e, ao que parece, dessa Prefeitura, é que transporte público é um serviço para pobre e que, portanto, não necessita de qualidade. É uam vergonha que um aeroporto internacional, que é a porta de entrada de uma cidade não seja servido por um transporte público minimamente decente. É uma vergonha que o poder público seja conivente e cúmplice com essa afronta ao cidadão, pagador de impostos (muitos)e, portanto, dos salários daqueles que lhes viram as costas.
    Eu, de minha parte, baterei à porta de todas as instituições que me possam garantir os serviços para os quais eu já pago muito caro, e denunciarei essas empresas e os órgãos que lhe dão cobertura nessa relação pra de suspeita entre poder público e concessionárias privadas.

  3. LEO disse:

    ola! o Ori Fonseca se até agora essa empresa não colocou novos veículos em circulação é por falta de grana mesmo por que cada ônibus 0 km ou usado mais em boas condições e bem caro mais tem que reclamar mesmo pelo menos trocar os acentos e dar uma lavada nos veículos ninguém é obrigado á andar em uma banheira suja né…eu moro no rio de janeiro tem uma empresa chamada MASTER perto da minha casa…eles usam muito o caio alpha mais boa parte deles já foram substituídos por torino´s g7

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: Este conteúdo é protegido.